quinta-feira, fevereiro 02, 2006

TUDO POR UM SONHO



O filme
«Tudo Por Um Sonho»
recria uma história verídica sobre um pai que se sacrifica para conseguir satisfazer os sonhos mais impossíveis da sua filha.

5 Comments:

At 2/2/06 17:06, Anonymous Angela said...

Olá Prima. Não estranhes quando fico muito tempo sem visitar, mas tenho momentos.
Quero saber como estás. Vê se apareces no msn para falarmos um pouco.
A música que tens é linda, conheço ela em brasileiro da novela Belissima.
Quanto ao filme, pensei que fosses escrever um pouco mais sobre ele, pois gostaria de saber a história. Um beijo grande.

 
At 2/2/06 20:19, Blogger Kalinka said...

Olá Angela
Fui agora mesmo ao teu blog, ia responder a este teu comentário lá, mas como vi que o teu ultimo post já é de há «long time ago» decidi responder-te aqui. Tudo bem, eu sei o que isso é, eu tb tenho momentos que venho mais assiduamente aos blogs e outros...não me apetece!Maldita depressão. Nem no msn me apetece estar, vê bem...sabes k este mês de Fevereiro é sempre muito crítico para mim, quase todos os anos me vou abaixo neste mês, há uma certa tendência para as pessoas deprimidas, neste mês como em Outubro.
Sim, eu escolhi esta musica pk gostei muito dela, se reparares é de um filme com a Julia Roberts. Quanto ao filme, isto foi só a apresentação, vou colocar outro «post» falando mais do filme, pois sei que adoras cavalos, assim como eu tb adoro.
Beijokas.

 
At 2/2/06 21:33, Blogger AS said...

Querida Kalinka..Eis mais uma belissima sugestão! Já há algum tempo que não vou ao cinema...

Beijocas

 
At 5/2/06 12:33, Blogger lena said...

Kalinka já tencionava ir ver o filme, com a tua sugestão vou mais satisfeita, sei que me vou encantar, já sabia que foi retirado de uma história verídica e eu acredito que o verdadeiro amor move montanhas,

beijinhos meus

lena

 
At 5/2/06 14:15, Blogger Kalinka said...

FROG
PALAVRAS QUE ESCREVO:

Aos dois agradeço os vossos comentários e também vos posso garantir que, podem ver o filme que vão adorar. No fim, foi impossível não cairem umas lagrimazitas, aguentei-me até aos 3 minutos finais, mas aí, não resisti mais, é muito envolvente.
Para mim, quando entram animais que ficam feridos e, os próprios não podem decidir o seu destino, mas sim os donos, e ver que existe sempre alguém que os defende até ao fim, é sempre um final feliz.

 

Enviar um comentário

<< Home