sexta-feira, janeiro 27, 2006

JOHANNES WOLFGANGUS MOZART

Mozart nasceu em 27 de Janeiro de 1756, em Salzburgo, e foi baptizado um dia depois de nascer, na catedral de São Rupert, em Salzburgo como Johannes Chrysostomus Wolfgangus Theophilus Mozart. Se o baptismo costuma ser definitivo para a maior parte dos casos, Mozart passou a vida a mudar a forma como se chamava e a forma como era chamado pelos outros.
Os dois primeiros nomes de baptismo recordam que o seu dia de nascimento, 27 de Janeiro, era o dia de
São João Crisóstomo. "Wolfgangus" era o nome do seu avô materno. "Theophilus" era o nome do seu padrinho, o mercador Joannes Theophilus Pergmayr. Mais tarde, o seu pai reduziu "Wolfgangus" para "Wolfgang" e retirou o "Johannes Chrysostomus."
Mozart continuou, mais tarde, a fazer modificações no seu nome, em especial o nome do meio, "Theophilus" que significa, em grego, "Amigo de Deus". Só em raras ocasiões usou a versão latina deste nome, "Amadeus", que hoje tornou-se a mais vulgar. Preferia a versão francesa Amadé ou Amadè. Usou também as formas italiana "Amadeo" e alemã "Gottlieb".

Mozart era um exímio
pianista, podendo ser considerado o primeiro virtuoso da história deste instrumento. Ele adorava se apresentar em público exibindo seus dotes de pianista e, nos seus últimos anos em Viena, esta era uma de suas principais fontes de renda. Os concertos para piano e orquestra de Mozart foram escritos - com algumas exceções - para serem tocados em público pelo próprio Mozart. Não é de surpreender, portanto, que haja tantas obras primas entre os concertos para piano de Mozart. Alguns pensam que a melhor música de Mozart está nos concertos para piano. Outros pensam que está nas óperas. Esta disputa não termina nunca, mas uma coisa é certa: nenhum outro compositor compôs tantos concertos para piano quanto Mozart, e ninguém o superou neste gênero.
Em 1998, tive o privilégio de visitar Salzburg.
Adorei toda a bela cidade, não podendo deixar de entrar no Museu de toda a obra de Mozart, seguindo depois para a verdadeira casa onde ele nasceu e viveu:
O terceiro andar da casa onde nasceu, a 27 de Janeiro de 1756, no coração da já mencionada Getreidegasse, é visitado anualmente por milhares de curiosos e amantes das suas composições, ávidos por descobrir os segredos da atmosfera que inspirou Mozart desde a mais tenra idade. No entanto e à excepção dos primeiros violinos que tocou em criança e de alguns retratos, pouco mais sobreviveu dos 26 anos vividos pela família Mozart nesta casa. Em 1985, a Fundação Mozarteum viria a adquirir o apartamento dos vizinhos, para ali recrear com mobílias da época, um quarto típico do tempo da burguesia de Salzburgo, que também pode ser visitado.
Na Makartplaz, situa-se a casa onde Mozart viveu entre 1773 e 1781, no regresso dos seus périplos pelas cortes da Europa e antes de se mudar para Viena. Ali compôs inúmeras sinfonias, serenatas e cinco concertos para violino e piano. No primeiro piso, poderá admirar o último piano-forte tocado por Mozart (e mais tarde oferecido pelo seu filho Carl Thomas à Fundação Mozarteum) e mais alguns instrumentos de época, bem como um extenso acervo documental sobre as viagens e obras do genial compositor. Infelizmente, nem uma partitura original! Apenas fac similes... Por último, não perca a estátua de Mozart, do escultor alemão Ludwig Schwanthaler, no alto de um pedestal erguido 50 anos depois da sua morte (ocorrida a 5 de Dezembro de 1791), na Mozart Platz, naturalmente.

12 Comments:

At 27/1/06 23:56, Blogger Amaral said...

250 anos! A Austria está em festa, celebrando condignamente o nascimento do seu génio… Homenagem bem escolhida!

 
At 28/1/06 02:12, Blogger Lumife said...

Também no meu blog SABIA QUE...? me associei na homenagem a Mozart esse génio da música.

Kalinka estamos contando contigo para 22 de Abril em Alvito para o nosso Encontro. O programa está quase a nascer...

Bom fim de semana

Bjs.

 
At 28/1/06 09:31, Blogger Mocho Falante said...

Lá no Mocho Falante também está inscrita a mercida homenagem ao meu compositor de eleição.

Salzburgo, bel cidade sim senhor

beijocas e bom fim de semana

 
At 28/1/06 14:19, Blogger AS said...

Kalinka, eis como a Áustria se comporta perante os seus mais ilustres vultos!...
Conheço Salzburgo, e em toda a cidade se sente a presença de Mozart!...

Um beijo

 
At 28/1/06 16:28, Blogger lena said...

Mozart sentesse bem a presença dele
na Austria e está em festa,
acho que o ouvi desde sempre, por um motivo especial, nasci o mesmo dia dele, 27 de Janeiro

bela homenagem e já passaram 250 anos, adorei ler

continuo a dizer que és sempre muito actual e especial em tudo o que partilhas, minha amiga, deixa que te chame assim

beijinhos meus

lena

 
At 28/1/06 17:42, Blogger Isabel-F. said...

uma bem merecida homenagem...

sou fã de música clássica...e este génio, é um dos meus preferidos.

Bjs

 
At 28/1/06 21:56, Blogger A .Carlos said...

Ola Kalinka
Bonita homenagem a um grande génio!!
Bom fim de semana
Bjs
:)

 
At 28/1/06 22:14, Blogger Kalinka said...

AMARAL - Sim, a Áustria está em festa bem merecida, pois como Mozart não há muitos mais.

LUMIFE - Também homenageaste Mozart
Óptimo! Sobre o encontro de dia 22, ainda falta algum tempo, no entanto, a vontade de ir é muita, só não irei por falta de companhia.

MOCHO FALANTE - Sim senhor, seu compositor de eleição. Muito boa escolha...e, a cidade é mesmo muito bonita, só vendo.

FROG - Agora é que disseste tudo, pois seria muito bonito, se todos os países fizessem o mesmo, perante os seus mais ilustres vultos. Obrigado pela visita.

 
At 28/1/06 23:40, Blogger Pink said...

Bela homenagem a Mozart, o génio e virtuoso da música. Gostei desta pequena "viagem" pela sua vida, obra e pelo espólio que se pode admirar nos locais por onde passou em vida.
Melhor que tudo issoé a sua obra que o imortaliza!

Um beijo

 
At 29/1/06 02:12, Blogger Kalinka said...

LENA - Já fui ao teu blog homenagear-te pelo dia 27 de Janeiro, o mesmo dia de Mozart. Também tu serás um génio, noutra área, com certeza. Muito obrigado pelas tuas sempre simpáticas palavras. Beijokas e bfs.

ISABEL F. - Tens bom gosto. Obrigada pela visita. Beijokas.

A. CARLOS - Bom fim de semana tb para ti, embora esteja gélido...e, obrigado pela visita. Beijo.

PINK - Ainda bem que gostaste desta pequena e virtual «viagem» pela vida do génio da musica. Bjs

 
At 29/1/06 20:11, Blogger DIAFRAGMA said...

E quando estava aflito com falta de dinheiro compunha musiquinhas para caixas de música, daquelas que só têm meia dúzia de notas diferentes.

 
At 29/1/06 23:26, Blogger DIAFRAGMA said...

p.s.: fiquei agora a pensar: será que a Av. João Crisóstomo tem esse nome em honra do compositor? :)

 

Enviar um comentário

<< Home