sexta-feira, março 31, 2006

O MUNDO DA DROGA


Na foto diz:
Não fiques assim...preocupado/a!!!
A grande maioria dos Pais confrontam-se com este dilema e com certas perguntas, que os preocupam demasiado e não é caso para menos.
Como evitar que os meus filhos consumam drogas?
Eis uma pergunta difícil pois não há "receitas", não há soluções ou estratégias infalíveis.
Como saber se o meu filho se droga?
Os sinais de alerta "gerais" (e que não querem necessariamente dizer que exista um problema com drogas) podem ser tão variados como mudanças dos ritmos de vida (sono, alimentação), mudanças bruscas de humor, mentiras, grande segredo sobre a sua vida, as suas actividades, as suas relações com os amigos, gastos inexplicáveis de dinheiro, que podem estar ligados ao consumo de drogas mas também (atenção!) podem ter origem noutro tipo de situações próprias da idade e que têm que ser bem ponderados.
Existe porém um conjunto de sinais evidentes de consumo de drogas como o aparecimento de agulhas e seringas, marcas de picadas de agulhas, colheres ou facas queimadas, pratas de maços de tabaco ou papel de alumínio queimado.
O melhor modo de se aperceber do facto é estando atento às alterações de comportamento do(a) seu(ua) filho(a) e mantendo uma relação suficientemente próxima e afectiva com o(a) seu(ua) filho(a) que lhe permita falar disso se for necessário.
Como evitar que o meu filho se drogue?
Não existem soluções infalíveis. É importante manter uma boa relação com os seus filhos que permita a discussão e reflexão conjunta sobre todos os assuntos que vão surgindo ao longo da sua vida, entre eles, o consumo de drogas. Dar-lhes apoio quando eles precisam, estar atento aos seus estudos ou trabalho, aos seus amigos – em resumo, ajudando-os a crescer e crescendo com eles.

O que fazer se descobrir que o meu filho se droga?
Os jovens consomem diferentes produtos e nem todos os consumos têm o mesmo significado. É importante saber que substância consome, como o faz e há quanto tempo, para avaliar se está em fase de experimentação ou de consumo continuado.
De qualquer modo é sempre importante falar com o(a) seu(ua) filho(a), confrontá-lo com os factos e procurar apoio junto do médico de família ou outro técnico de saúde especializado, nomeadamente num Centro de Atendimento a Toxicodependentes (CAT). Se os consumos forem regulares ou de substâncias como a heroína ou a cocaína, um profissional de saúde saberá ajudá-lo, e ao seu filho, a encontrar um caminho para enfrentar o problema.
Se o meu filho se drogar, onde posso ter falhado?
Existem muitos motivos para as pessoas experimentarem drogas: a curiosidade, o desejo de ser igual aos outros ou a busca de uma experiência nova, entre outros. Algumas destas experiências correm mal e as pessoas tornam-se dependentes daquilo que começou por ser uma brincadeira. Face a uma situação de consumo, não é uma boa atitude os pais pensarem que têm toda a culpa e tentarem resolver o problema sozinhos. Mais uma vez, o apoio de um profissional especializado pode ajudá-lo a compreender melhor o seu filho e a encontrar uma abordagem adequada dos problemas.

13 Comments:

At 1/4/06 00:54, Blogger A.J.Faria said...

Olá, Kalinka!

É um problema bastante sério, para o qual todos nós devemos estar sensibilizados!
Obrigado pelo alerta.

Um grande beijinho e bom fim de semana!

 
At 1/4/06 01:56, Blogger Ana said...

Mais uma vez, Kalinka, nos fazes pensar nos problemas sérios que afligem a sociedade.
Este é um deles e nunca será demais alertar e sugerir formas de o combater. A prevenção é, sem dúvida, a melhor forma.
Um beijo e bom fim de semana.

 
At 1/4/06 02:39, Blogger Tetracloro said...

Kalinka, não podia partir sem me despedir de ti. Um grande Beijinho e até sempre.

 
At 1/4/06 14:20, Blogger Miguel said...

Um grande flagelo, Kalinka!

Muita mais prevenção!
Legalizar, será a solução!?

Os votos de um BOM FDS!

Bjks da Matilde

 
At 1/4/06 14:37, Blogger greentea said...

é importante divulgar, dar atenção, preocuparmo-nos,
com os jovens
com a droga
com a sida
com a sexualidade

com eles!

beijos para ti

 
At 1/4/06 18:14, Blogger Isabel-F. said...

...um tema que nunca é demais falar...


bom sábado
bjs

 
At 1/4/06 19:05, Blogger Nina said...

Olá Kalinka :)

Antes de mais kero pedir desculpa pela minha ausencia neste teu cantinho mas realmente o tempo tem sido curto:(

Qto ao tema de k falas aconselho a kem tiver filhos com 13 anos ou mais a comprarem o livro "Os filhos da droga"...é um bom relato dq é esse mundo k cada vez nos assusta mais!

Beijinhos :)

 
At 1/4/06 19:53, Blogger sad angel said...

oi kalynka tudo bem?acho que escolhes-te um bom assunto para postar,assunto de que infelizmente até percebo um pouco!nao por eu ser drogado,que alias nem um cigarro fumo mas por toda a vida ter estado e vivido em zonas onde esse flagelo é uma realidade!amigos meus que partiram!outros que já teem a sua sentença ditada,enfim...um drogado também se "topa"por o olhar,é facil ver se esta,se precisa,etc,está tudo no olhar,legalizar era uma soluçao para acabar com DILLERS e pessoas que vivem disso,matam os proprios amigos aos poucos!e para acabar com tanto roubo,arrumadores etc,eu sou a favor da legalizaçao!um beijo...

 
At 1/4/06 20:04, Blogger peciscas said...

No mundo em que vivemos, estamos sempre em suspenso ralativamente a esse problema, quer seja em relação a filhos ou outros familiares.
Estar-se atento e informado, é sempre essencial.

 
At 2/4/06 14:36, Blogger lena said...

hoje é domingo, vou ver o mar e passei por aqui antes de ir, para te fazer um pouco de companhia e dizer-te que tenho estado presente, espero que a tua recuperarão esteja a correr o melhor possível
quanto aos postes tens sempre o cuidado de ser especial, partilhar sempre o que nos toca, este está excelente, é sempre necessários estarmos atentos e informados, isto serve para os filhos, os familiares e até aos amigos, é o “flagelo” da mocidade infelizmente e é tão fácil entrar nessa roda
quanto às imagens todos sabemos que jamais te apropriavas de algo que não fosse teu, a imagem é linda e só devia ficar contente por tu a usares nas tuas belas palavras, eu não ligo muito a isso, tenho amigos que me dão imagens propositadamente para eu escrever os poemas e nem sequer querem que identifique, algumas fazem parte de mim, sou eu, fotografada por eles, outras são de vários cantos de Portugal, , a partilha é o meu lema, e a blosfera é um lugar encantador para que isso aconteça, mas já está identificada, corrigido o tal “abuso”, fui ver o blog e tem realmente imagens lindíssimas, este assunto também está encerrado e bem, felizmente
um bom domingo para ti menina linda

beijinhos muitos, cheios de ternura, qualquer coisa tens sempre o meu e-mail

lena

 
At 3/4/06 00:14, Blogger DIAFRAGMA said...

Neste tema aconselho visita a:
http://www.drogas.pt/id.asp?id=p7p18

 
At 3/4/06 00:59, Blogger Kalinka said...

DIAFRAGMA:

Muito obrigado pela colaboração.
Já fui ao site e, realmente é interessante. Tem lá tudo que é preciso saber, principalmente PREVENIR que é o melhor nesta situação.
Beijo. Boa semana.

 
At 2/9/07 23:41, Anonymous Anónimo said...

ola, e mt bom que cada vez mais se fale no assunto e quem esta dependente de drogas e realmente queira sair peça ajuda pois eu ja ajudei e nao me arrependo mas so depois de ter acompanhado de perto todo o sofrimento compreendi o sufoco que e.

 

Enviar um comentário

<< Home