sexta-feira, junho 08, 2007

Alentejo - «Cromeleque do Xarez»

Voltando um pouco atrás, ao sair das «fortificações de Monsaraz» tinha 2 alternativas, ou ia para a região do «Grande Lago» como fui, ou ia para a região de Telheiro, que se via lá bem do alto de Monsaraz. Decidi-me ir por este lado e parei junto da «Fonte do Telheiro». Chamou-me a atenção esta fonte, porque na loja de artesanato em que fiz algumas compras, via-se muito esta fonte pintada no fundo dos pratos decorativos. Em conversa com o senhor da loja de artesanato que me contou a história da fonte, fiquei curiosa e fui até ao Telheiro. Mesmo em frente à fonte há um antigo lavadouro público, onde as mulheres se juntavam para lavar a roupa de seus familiares e, conversavam sobre suas vidas.


De regresso ao cruzamento de Monsaraz, passo numa rotunda e vejo uma tabuleta com a indicação de «Cromeleque», curiosa sigo naquela direcção e encontro o «Convento de Orada», olhando em volta, ao fim de algum tempo descubro então o dito «Cromeleque» que verdade seja dita, não tem qualquer sinalização. Deixei o carro e fui a pé, não se via ninguém. Achei que as peças estavam colocadas por mão humana e até comentei com a minha amiga, que aquilo tinha sido ali colocado pelo Homem. Hoje, em pesquisa na net sobre o assunto descubro então, muita informação e já entendo a minha observação e, o motivo para que tal tivesse acontecido.


Datado provavelmente de há cerca de 4.000. a. C. - início / 3.000 a. c., este recinto megalítico não é propriamente um cromeleque no sentido geométrico da nomenclatura megalítica, tratando-se, provavelmente, de um recinto megalítico de forma quadrangular constituído por 55 menires graníticos de cerca de 1,20 a 1,50 metro, alguns de configuração fálica, outros de forma almendrada, dispostos em torno do um grande menir central de configuração fálica, com uns 4,50 metros de altura e cerca de 7 toneladas de peso, decorado por uma linha vertical de gravuras do tipo "covinhas".
O reconhecimento e identificação em 1969 na Herdade do Xarez de Baixo, do conjunto de menires que integram o Cromeleque do Xarez, fica a dever-se ao falecido Dr. Pires Gonçalves, médico, historiador e arqueólogo de Reguengos de Monsaraz, encontrando-se os mesmos, na altura deslocados pelos trabalhos agrícolas do local original. Pires Gonçalves procedeu a trabalhos de investigação que lhe permitiram localizar o local exacto do menir central, e ensaiar a reconstituição da forma de implantação dos restantes.
(Fotos minhas - nesta foto vê-se do lado direito uma pequena parte do «Convento da Orada»
Encontrei esta notícia:
O Cromeleque do Xarez será reinstalado, durante 2003, num processo pioneiro em Portugal, que se insere no âmbito da minimização dos impactes arqueológicos resultantes do enchimento da barragem de Alqueva.
Nesse sentido, a Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas de Alqueva (EDIA), a Câmara de Reguengos e Junta de Freguesia de Monsaraz celebraram, no passado dia 27 de Dezembro, um protocolo que contempla a instalação do conjunto de 55 menires junto ao Convento da Orada.
Será ainda neste local que vai ser construído o futuro museu regional de arqueologia, que deverá juntar vários vestígios encontrados na zona inundada pela albufeira de Alqueva.
in Diário de Notícias, 2002Dez28

Cromeleque do Xerez muda-se para o Convento da Orada
PUBLICADA: 28/12/2002
Por causa da subida das águas da Barragem do Alqueva, o cromeleque do Xerez, um conjunto megalítico de 55 menires, vai ter de mudar de local. Os trabalhos, que serão inteiramente financiados pela Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas de Alqueva (EDIA), visam retirar o cromeleque do local e levá-lo para um terreno próximo do Convento da Orada, no concelho de Reguengos de Monsaraz, espaço esse que futuramente irá também receber o Museu de Arqueologia do Alentejo, onde irá ficar instalado o espólio arqueológico encontrado durante os trabalhos realizados para a construção da barragem. O cromeleque deverá estar reinstalado no Verão de 2003, sendo que o museu que irá fazer-lhe companhia só mais tarde começará a ser erigido. Até lá, um centro de interpretação provisório ajudará os visitantes que ali se deslocarem.

Etiquetas:

34 Comments:

At 8/6/07 01:58, Blogger Cristina said...

Um bom fim de semana,
beijinhu

 
At 8/6/07 02:10, Blogger MiaHari said...

Olá Kalinka,

Assim, está bem!
Continuar a viajar e... a fazer umas reportagens lindas para nós...nem mais! Fico contente!
Ainda não pude visitar a exposição da Margusta, tenho andado um pouco cansada, mas quero ver se consigo lá ir brevemente, embora a próxima semana esteja já um pouco preenchida. Seria muito agradável encontrar-vos!
E NÃO DESANIMES, dirige a atenção noutros sentidos, exercita o espírito com coisas de que gostas,
valoriza o espaço em que te movimentas, acredita em ti!
Beijinho para ti.

 
At 8/6/07 10:36, Blogger papagueno said...

À descoberta do Alentejo, maravilhoso. Sei que a região tem vários monumentos megalíticos mas este não conhecia.
beijinhos e boas viagens.

 
At 8/6/07 11:17, Blogger Cátia said...

Estou certa que esta viagem foi memoravel e é memoravel fazer-nos um roteiro, mostrar-nos os sitios fantasticos do nosso Alentejo, deste nosso Portugal tantas vezes esquecido...

Obrigada pela partilha...
Agradeço também a visita no ticho, vai passando...

Beijinhos

 
At 8/6/07 12:24, Blogger Cleopatra said...

Vi e revi e revivi.
Foi bom
Mas é pena sentir que se revive o que não se viverá mais.

 
At 8/6/07 12:33, Blogger MARIA VALADAS said...

E contínuo com os olhos humedecidos.... Ai esse Alentejo...que é e foi o meu mundo!

Boa viagem... Kalinka!

Beijinhos
Maria

 
At 8/6/07 12:43, Blogger MARIA VALADAS said...

Querida Kalinka,
Se eu soubesse antes que ias a Moura e á baragem do Alqueva... tinha indicado um local, onde encontrarias vestígios e povos que habitaram essa região!

Tenho em minha casa... algumas peças encontradas e junto a elas... algumas moedas com 1800 anos! Não estou a enganar o Estado...pois o sitio onde as encontrei... pertence á ninha familia!
Mas, indicar- te- ia o local...pois
ias encantar esses teus belos olhos... com belas paisagens.... e no cimo duma atalaia....ai ai... perdias-te no horizonte!

Não te esqueças de fotografar Moura... pleaseeeee!!!

Continuação de boa viagem minha querida!

Beijinhos da

Maria

 
At 8/6/07 12:44, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Kalinka querida!
Eu tambem adoro vir no seu Blog, sempre eh tudo tao bonito, e a gente fica sempre sabendo mais.
As fotos maravilhosas, e os seus escritos sensacionais!
Um beijo carinhoso
MARY

 
At 8/6/07 14:50, Anonymous João said...

OLá, obrigado pela visita

Vejo que você visitamuitoslugares bonitos cheios de histórias

Tenha um ótimo final de semana

 
At 8/6/07 15:03, Blogger bettips said...

Uma maravilha que voltei a ver com os teus olhos. Seguiste os passos que dei há 5 ??? anos, precisamente antes da barragem. Ainda o Cromeleque estava "no sítio"! Gostei das tuas fotos e informações actualizadas. E é bom quando as partilhas e fazes "descobrir"! Obrigada. Bjinho

 
At 8/6/07 15:28, Blogger rosa dourada/ondina azul said...

Que bom é passear através das tuas imagens, tão belas, tão exactas.

Obrigada, kalinka por esta viagem

Beijo,

 
At 8/6/07 18:28, Blogger Papoila said...

Alentejo… Estremoz
Bonecos de Estremoz ,
Uma parte do País que não conheço
Para onde tento sempre erguer o olhar
Num Rumo ao Sul em busca da parte de mim
Que para lá fugiu .. e não quer voltar.

Lindo o teu Blog.

 
At 8/6/07 18:35, Blogger Fúria das Águas said...

MInha querida, estas a me deixar com vontade de fazer uma visita a Portugal, lindas fotos.
UM beijo
Guria

 
At 8/6/07 22:57, Blogger MARIA VALADAS said...

Com que então os Mourenses tinham os locais históricos encerrados?!!!

Mesmo agora, vou comentar num Blog de Moura e manifestar o meu desagrado!

Querida Kalinka... quando pensares em visitar outra vez O Alentejo e se na tua rota estiver Moura...terei muito prazer em servir- te de Guia ( mesmo virtual)!

Se for numa ocasião em que eu lá esteja...o prazer em dobrado...

É só avisares...

Beijinhos com aromas de flores silvestres.

Maria

 
At 8/6/07 23:30, Blogger Kanoff said...

The year's at the spring,
And day's at the morn;
Morning's at seven;
The hill-side's dew-pearl'd;
The lark's on the wing;
The snail's on the thorn;
God's in His heaven-
All's right with the world!

 
At 9/6/07 05:18, Anonymous Pete said...

Essa Barragem do Alqueva foi feita mais por interesses económicos que por outra coisa, e dentro de poucos anos vamos constatar isso. Graças a ela espoliaram o património cultural do seu lugar natural, retirando-lhe parte significativa do seu valor.

Beijinhos e bom fim-de-semana.

 
At 9/6/07 11:03, Blogger oceanus said...

Mas que sensibilidade. Gostei muito de viajar até ao Alentejo. Lindo!

Boas viagens...

do fundo do Oceanus

 
At 9/6/07 12:16, Blogger A Lei da Rolha said...

Esse lindo sítio chamado Alentejo!
Os meus parabéns pela escolha e pelas fotografias!
bjs

 
At 9/6/07 14:24, Blogger Mila said...

O nosso alentejo,seja em que altura do ano ...é sempre lindo.
Continua nele,vai com calmaaaaaa.

 
At 9/6/07 21:23, Blogger Thunder said...

Pelas fotos parece mesmo ser um local fantástico.Não conheço o Alentejo, mas será uma das minhas próximas visitas...espero.
Bom fim de semana.

 
At 9/6/07 21:55, Anonymous Luisa said...

Quando vi o teu convite no meu blog, fiquei cheia de curiosidade para saber como tinham sido as tuas mini-férias. Vejo que foram boas e muito culturais!!! Afinal temos tantos sítios com interesse mesmo sem sairmos do nosso País.

 
At 10/6/07 00:46, Blogger MiaHari said...

Olá Kalinka,

Passei para saber se andas mais animada, sentes-te melhor?

Se for possível, diz-me qual o dia combinado para ir ver a exposição da Margusta, eu tentaria ir lá nessa altura, está bem?

Beijinhos, espero que estejas um pouco melhor.

 
At 10/6/07 12:01, Blogger veritas said...

Olá Kalinka:

É engraçado, ainda há coisa de dois meses andei a fazer um circuito por esses locais. Já conhecia essa zona, mas depois dos grandes lagos ficou diferente. Voltei a visitar Monsaraz, a ficar na típica estalagem, novas impressões, mais impressionantes...

Bjs. Passa um excelente domingo.

 
At 10/6/07 12:34, Blogger Luís Galego said...

gostei deste registo mais positivo...e faz-nos viajar contigo....um beijo grande Kalinka

 
At 10/6/07 13:26, Blogger o alquimista said...

Saberás, que as palavras, soltas ditas ao triste e leviano acaso, são um rio de sal, desenganos, viagem que desagua em embaraço. Porque existem sempre palavras ditas, por toda a santa gente, doces, amargas, arrasadoras, em boca de quem muita vez mente.
Uma palavra solta da boca impura, é monstro que afugenta a luz, sortilégio de negro anjo, o lado mais escuro da lua que a alma seduz...


Bom domingo


Doce beijo

 
At 10/6/07 18:48, Blogger Luis Eme said...

Sim senhora...

 
At 10/6/07 21:04, Blogger Monika said...

Tu estás só a fazer inveja...só passear pelo lindo Alentejo e eu nada lol. Estou a brincar. Acho q fazes bem e vai colocando sempre as fotos para nos deliciarmos hihi.

Quando acabares a visita ao Alentejo, podes vir para o Ribatejo!
Beijocas

 
At 10/6/07 21:57, Blogger sonhadora said...

Sonha. Sonha sempre.
Beijinhos embrulhados em abraços

 
At 10/6/07 23:30, Blogger Vanessa said...

Gostei da viagem, na próxima me convida novamente! Agora posso dizer que conheço um pouquinho da região Aletejana ou Aleteganiensse..rs...como se chama???

 
At 11/6/07 21:36, Blogger DE-PROPOSITO said...

E aqui estive, lendo, embora mais ou menos já conhecesse a situação.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

 
At 12/6/07 16:04, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Kalinka:
Nao se aborreca por um comentario que a desagradou. Afinal, estamos expostos na Blogosfera, entao, ha pessoas de todos os tipos, modos, e jeitos.
Tambem, como voce, fico feliz quando alguem vai no meu blog e me deixa um beijo ou um abraco. Recebo-os de bracos abertos.
Ninguem eh obrigada a comentar ninguem.
Alias, a coisa boa de ter um Blog eh que voce nao eh obrigada a nada.
A unica coisa que voce eh obrigada, eh ter respeito pelo ser humano.
Acredito que esta pessoa que escreveu no seu blog, nao tem o minimo respeito.
Portanto minha amiga, eu nao teria deletado...teria deixado la o comentario dele (ou dela), para todo mundo ver mesmo quem era essa pessoa.
Que cheguem no meu Blog, eh o que sempre desejo. Que olhem as fotos, ou que leia o que escrevo, se tiverem vontade.
Aqui nao ha nenhuma "LEI", nem nenhum contrato. Tudo eh muito livre e espontaneo.
Nao ligue para isso, minha amiga! Se ligarmos para tantas coisas que acontecem, estaremos velhinhas...risos...
Olha, coloquei agora a verificacao de letra no meu Blog, porque comecaram a colocar propagandas.
Enfim, a gente tem que entender que esta exposta, e lidar com esses probleminhas (pequenos).
Nao ligue minha amiga. Seu blog eh um blog inteligente. Voce eh uma pessoa inteligente.
Eh o que basta.
Um beijo carinhoso
MARY

 
At 12/6/07 18:41, Blogger Menina do Rio said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 3/7/07 14:44, Blogger Klatuu o embuçado said...

BLOG DE UM PLAGIADOR: http://spring-gold.blogspot.com/



http://meninamomentos.blogspot.com/2007/05/um-falso-querer.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/07/no-espero-que-me-entendas-quero-de-ti_02.html

http://tocolante.blogspot.com/2005/04/25-de-abril.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/tocou-o-telefone-na-madrugada-l-longe-l.html

http://tsilva.blogs.sapo.pt/108951.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/o-nosso-cames-genial.html

http://corta-fitas.blogspot.com/search/label/Tert%C3%BAlia%20liter%C3%A1ria

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/versos-para-as-fitas-de-final-do-curso.html

 
At 27/8/07 12:03, Anonymous Anónimo said...

De facto parece um texto que resulta de uma pesquisa cuidada e trabalhosa. Pena é que, a partir de "Datado provavelmente de há cerca de 4.000. a. C." o texto seja um total plágio, uma utilização de trabalho alheio, sem a mínima referência a tal facto.
É muito feio tentar brilhar à conta dos outros.

 

Enviar um comentário

<< Home