quarta-feira, maio 16, 2007

Uma semana diferente

Ora bem, cá estou ao fim de alguns dias, completamente arrasada... desde domingo tudo aconteceu na minha família, a minha sobrinha preferida deu entrada de urgência no hospital... o seu Pai dá entrada num outro hospital para ser operado e, eu ando numa roda viva a caminho de Lisboa para assistir à formação profissional e, de regresso à margem sul, a caminho de casa e dos hospitais... nem consigo respirar.
Mas... tenho que pensar positivo e, aqui estou para vos contar a minha aventura esta semana.
Esta é uma semana diferente, há muito que não andava de eléctrico por essas belas ruas e calçadas portuguesas; pois, todos os dias faço um percurso interessante desde o Cais do Sodré até Algés e, no regresso desde Algés até à Praça da Figueira no moderno e confortável eléctrico da carreira 15. E lá vou eu entretida com os meus pensamentos, olhando tudo o que me rodeia, seja dentro do eléctrico ou fora dele, o pulsar das multidões em hora de ponta, o entra e sai desgovernado, a entrada de muitos turistas que se deliciam com o nosso maravilhoso clima e, esta semana prima por isso, tem estado uns dias de calor e sol bem radioso.
Marcada por uma incrível luminosidade, Lisboa é uma cidade de contrastes, pautada pelos seus vales e colinas, pela harmonia entre a modernidade e a antiguidade e rica em monumentos e museus.
Adoro esta forma de me deslocar, pois tenho oportunidade de passar em locais bem agradáveis, como ali em Belém, vejo o Centro Cultural de Belém, o Museu da Marinha, os Jerónimos e o fascinante jardim em frente (aqui apetece-me saltar do eléctrico e, deitar-me naquela relva tão verde, debaixo das frondosas árvores do jardim) olho as suas belas palmeiras, espreito para a pastelaria dos «pastéis de Belém», vejo os guardas à porta do Palácio de Belém…assim vou eu apreciando a vida frenética desta cidade.


O eléctrico entra na Avenida 24 de Julho, aqui acelera e os edifícios passam por mim numa velocidade alucinante: Ministério da Educação, DGAP - Direcção-Geral da Administração Pública, o edifício do IADE, as discotecas kapital e outras… aprecio uma correnteza de vários prédios todos tão iguais mas de diferentes cores, amarelo, beje, laranja, azul…que linda paleta de cores vivas. Chegamos ao Cais Sodré e ao Mercado da Ribeira (ah, que saudades das madrugadas em que ia ao «cacau da Ribeira»)
Vejo o British Bar e descubro a Travessa do Cotovelo, (alguém conhece?...)nunca me tinha apercebido da sua existência.

Homens compram jornais na tabacaria da esquina, antes de subirem a Rua do Alecrim. Na loja onde se vende o bacalhau, havia barricas de sangacho, castanhas piladas, grão de bico ao litro e peixe seco.
Avisto o edifício da Câmara de Lisboa, belo e limpo, a fachada toda branquinha e trabalhada; chegamos à Praça do Comércio e entra na Rua da Prata, está prestes a terminar a minha aventura no eléctrico da carreira 15.
Tenho saudades desses instantes suspensos, sim, mas do que tenho mesmo saudades, é de me sentar no chão. Não no muro à beira do caminho, não na pedra à sombra da acácia, mas no chão mesmo.
É isso «saudades de Africandar»…

Etiquetas:

30 Comments:

At 16/5/07 01:43, Blogger Cristina said...

Xiiii...as melhoras para ambos...

E quanto ao teu percurso diário, é lindo, quem me dera
:)
beijinhu

 
At 16/5/07 10:52, Blogger Kalinka said...

Hoje reparei em mais lugares, como o Museu da Carris, o Museu de Macau na Rua da Junqueira. O Centro de Congressos de Lisboa imponente. Logo a seguir o Hospital Egas Moniz.
Em Belém descobri o Museu da Presidência da República.
Seguidamente Pedrouços...e, finalmente, ao fim de 30 minutos de percurso chego a Algés.
Início de mais 1 dia de formação.

 
At 16/5/07 10:54, Blogger Kalinka said...

Cá estou.
A formadora deu-nos 2 exercícios para fazer e, como já terminei, enquanto espero que os restantes colegas concluam os seus, vim dar-vos uma palavrinha.

Desejo a todos um dia Feliz.

 
At 16/5/07 15:27, Blogger Reflexos da Alma said...

Há viagens de eleectrico que são uma autentica maravilha, por vezes é nessas viagens que conseguimos apreciar a cidade de Lisboa...

Quanto ao "Afrinkandar" ...quem não apetece ?

Beijinhos

 
At 16/5/07 18:03, Blogger peciscas said...

Espero que tudo corra bem para os teus familiares.
E gostei de saber que, apesar das atribulações estás a encarar de modo positivo as coisas que vão acontecendo e até dá para ires vendo os locais por onde passas.

 
At 16/5/07 18:24, Blogger Betty Branco Martins said...

Querida Kalinka

As melhoras para a tua família_________que tudo corra bem

Isto é o que se pode chamar ___________ver/viver o lado positivo das coisas más

Fizeste um excelente texto________com o teu sentir_______

Beijinhos com carinho

 
At 16/5/07 18:45, Blogger Baby said...

Oi, querida amiga, vês como no meio da azáfama do dia a dia, ainda consegues apreciar aa beleza de Lisboa? É sinal de que estás atenta e não virada apenas para os teus problemas. Desejo sinceramente que os teus familiaress se encontrem em franca recuperação.
Um beijo carinhoso.

 
At 16/5/07 20:00, Blogger Mocho Falante said...

Olá minha querida, espero que os teus familiares estejam bem melhores.

Quanto à viagem que nos ofereceste...foi deliciosa e de repente até o cheiro da cidade eu senti

beijocas

 
At 16/5/07 21:55, Blogger 125_azul said...

Miminhos e as melhoras dos doentinhos. E que passeio lindo andas a fazer, que te anime a alma! beijinhos

 
At 16/5/07 22:38, Blogger Nilson Barcelli said...

Mas que bela visita guiada...
Que tudo corra pelo melhor com os teus familiares.
Beijos.

 
At 16/5/07 23:17, Blogger lena said...

Kalinka, doce menina

e por tudo isso saudades de ti

viajei contigo nessa azafama, nessa Lisboa de caminhos sedentos de calor humano, dessa cidade de amontoados de rodas

olha se erras os exercícios anda ficas de castigo


as melhoras para a tua família

para ti o meu abraço , um abraço cheio de carinho

beijos ternos

lena

 
At 17/5/07 02:19, Blogger poca said...

uma das coisas de que mais gosto.. não, não é andar de eléctrico (nós por cá não temos disso ;P).. de me sentar no chão!
adoro adoro adoro!
e faço-o muitas vezes :)

 
At 17/5/07 10:00, Blogger maresia_mar said...

Olá Kalinka
ainda bem que pensas positivo, eu também sou assim..
Gostei das descirções que fazes e da forma como o contas.. Bjhs e bom resto de semana

 
At 17/5/07 15:56, Blogger Nélia said...

Caro(a)s Bloggers,


A NEGRA TINTA EDITORIAL tem o grato prazer de lançar a obra “CÂMARA ESCURA (revelação), do poeta Joaquim Amândio Santos, com prefácio de António Lobo Xavier.

Sendo esta obra mais um trabalho nascido de um escritor cuja carreira foi lançada na blogosfera, a exemplo das edições previstas e possíveis no futuro próximo desta editora, será importante contarmos com a honra da presença de bloggers nas diversas acções de lançamento da obra.

Nesse sentido, solicitávamos indicação de morada ou preferência por receber o convite por mail para negratinta@gmail.com, bem como qual dos eventos escolhem para nos honrar com a sua presença.

Lançamento e Apresentações:

31 de Maio Funchal
8 de Junho Penafiel
14 de Junho FNAC Norteshopping, Porto
28 de Junho FNAC Chiado, Lisboa
5 de Julho FNAC Coimbra


Aproveitámos ainda para solicitar que qualquer manuscrito que entendam colocar à consideração desta editora para possível publicação, seja enviado por este mail, ao meu cuidado, estando previsto editarmos até 4 obras, nascidas na blogosfera, até Março de 2008.

Saudações Literárias,

Nélia Maria Pereira
Edições e Comunicação
NEGRA TINTA EDITORIAL

 
At 17/5/07 17:33, Blogger Mila said...

As melhoras........ e saudades é bom de vez enquando

 
At 17/5/07 17:59, Blogger Thunder said...

As melhoras para os membros da tua família...vai tudo correr bem.Pensamento positivo ajuda muito.

Gostei de viajar pelas tuas palavras.
Quanto às saudades, eu acho que é bom senti-las.É sinal que ainda amamos essa coisa,momento ou pessoa!

Beijo.

 
At 17/5/07 17:59, Blogger Thunder said...

As melhoras para os membros da tua família...vai tudo correr bem.Pensamento positivo ajuda muito.

Gostei de viajar pelas tuas palavras.
Quanto às saudades, eu acho que é bom senti-las.É sinal que ainda amamos essa coisa,momento ou pessoa!

Beijo.

 
At 17/5/07 18:04, Blogger Ricardo Rayol said...

Tem horas que parece que o mundo desaba sob nossas cabeças.

 
At 17/5/07 22:10, Blogger vida de vidro said...

Esse é de facto um percurso de encanto. Que saudades de andar de eléctrico! **

 
At 18/5/07 00:25, Blogger Mário Margaride said...

Olá Kalinka,

As melhoras para os teus familiares, querida amiga, que tudo corra bem.

Belo itenerário aqui nos trazes
Que saudades desse carros eléctricos...
Aqui no Porto, vão voltar os carros eléctricos, mais modernos...os velhinhos...só no museu.

Beijinhos

 
At 18/5/07 10:16, Anonymous Lusófona said...

Que semana turbolenta!!!
Desejo as melhoras e que tudo corre bem à eles.

Quanto à Belém , vou quase todos os fins de semana, adoro!!!

Um Beijinho com carinho
Fica bem

 
At 18/5/07 10:21, Blogger Luís Galego said...

retrato interessantissimo do quotidiano de uma cidade....gostei muito de ler e gostei muito do comentário que simpáticamente deixaste no meu blog...Obrigado, grande Maria e pensar positivo impõe-se...

 
At 18/5/07 10:36, Blogger Luiz Carlos Reis said...

Kalinka,

Melhoras para os teus! E...Nossa foi magnífico o passeio turístico.
Um pouquinho dessa linda nação!
Não conheço pessoalmente, também pudera, daquí do outro lado do oceano...
Grande abraço e bom domingo!

 
At 18/5/07 16:07, Blogger Alexia said...

Amei essa viagem...mas eu sou suspeita...adoro lisboa

beijocas de fim de semana e de melhoras

 
At 18/5/07 19:30, Blogger Marlene Maravilha said...

Caramba, com este post senti muitas saudades de Lisboa que vivi,e todo Portugal. Me aguardem! Estou chegando lá!
No mais, que haja muitos olhos para sentir tudo isso! Parabéns! Não são todos assim.
abraços

 
At 18/5/07 22:24, Blogger luna e neptuno said...

Se nos mantivermos despertos para as coisas pequenas podem-se tornar grandes nas nossas vidas
ji

 
At 18/5/07 22:32, Blogger pe.cl said...

Kalinka, é a primeira vez que passo por aqui, vim por que li o que dizias no teu comentário ao post da Teresa Calcão, de quem sou visita habitual.
Gostei do que li, a forma como descreves os lugares que vês ao passar faz-me sentir como se eu próprio aí passasse.
Quanto aos teus familiares resta-me dizer-te que os terei nas minhas orações a partir de agora, que Deus os melhore.
Fiquei maravilhado com a forma como encaras as dificuldades da vida, é belo saber que apesar das dificuldades consegues pensar positivo.
Um grande abaraço em Cristo Jesus.

 
At 18/5/07 22:33, Blogger pe.cl said...

Desculpa Kalinka, queria dizer "abraço"

 
At 19/5/07 01:03, Blogger Menina do Rio said...

Mesmo com tantos reveses aindatens disposição pra nos contar tão bela passagem. Me deu até vontade de andar neste eletrico. Desejo melhoras a teus familiares!

Tem um ótimo fim de semana!

beijos

 
At 26/5/07 21:46, Blogger Su said...

gostei. recordei..tanta vez q andei nesse electrico.fazendo exactamente esse percurso.assim..qd queria pensar.......

jocas maradas de tempo

 

Enviar um comentário

<< Home