segunda-feira, dezembro 26, 2005

E AGORA.....????


Dia 24 à noite fiz de Mãe Natal, mas também houve um Pai Natal, o meu filho, tudo isto para que a minha neta com 3 anos de idade, ainda acredite que existe Pai Natal... é uma idade linda, inocente, e com tempo, ela chegará à conclusão, que todos nós chegamos anos mais tarde...
Depois do Pai Natal tocar à campainha da casa dela, ela foi ao colo da Mãe Natal, eu - avó, abrir a porta...como foi bom ver o olhar dela de admiração (muito séria) a ver o Pai Natal entrar pela casa e perguntar onde estava a menina Catarina...ela muito espantada a dizer: Sou eu...e, receber das mãos do Pai Natal, uma prenda. Tudo isto é uma grande alegria para mim, poder acompanhar a infância da minha neta, e poder passar a outra geração, o que aconteceu na minha infância e eu «ainda» estar presente para assistir.
Mas, o título deste «post» é importante, pergunto eu: E agora...???
Pois é, e agora, o dia 25 terminou e, de repente, apercebemo-nos das pessoas a falar e pensar apenas na Passagem de Ano, nas toilettes, nos lugares para onde estão a planear ir passar o «reveillon»... os programas das festas, os bares, os bailes nas Associações...e...o Natal...terminou?
Só haverá outra vez Natal nos próximos dias 24 e 25 de Dezembro de 2006...???
A minha Amiga Isabel Filipe deixou-me um comentário assim:
Kalinka,
Que o Natal, em lugar de ser apenas uma data, seja um estado de espírito a nos orientar a vida, permanentemente.Os meus votos para ti e familiares de que este Natal traga alegria, paz e muita felicidadepara todos os dias do Ano Novo. Beijinhos,da Isabel Filipe
E, EU ADOREI...POIS NATAL NÃO PODE SER, APENAS E SÓ NESTES 2 DIAS DO ANO...
Muito obrigado, Isabel, por teres passado essa ideia, é como eu também penso, e seria bom que todos os seres humanos pensassem da mesma forma.
Deixo-vos com uma bela poesia, de Fernando Pessoa, só a esta hora a transcrevo, pois só agora tive acesso ao computador:
Chove. É dia de Natal.
Lá para o Norte é melhor:
Há a neve que faz mal,
E o frio que ainda é pior.
E toda a gente é contente
Porque é dia de o ficar.
Chove no Natal presente.
Antes isso que nevar.
Pois apesar de ser esse
O Natal da convenção,
Quando o corpo me arrefece
Tenho o frio e Natal não.
Deixo sentir a quem a quadra
E o Natal a quem o fez,
Pois se escrevo ainda outra quadra
Fico gelado dos pés.

8 Comments:

At 26/12/05 20:17, Blogger peciscas said...

O teu texto fez-me lembrar os natais de quando o meu filho era criança e acreditava no Pai Natal. Até que num deles descobriu que era a tia com bigodes brancos.
Hoje estamos na ressaca.
Tenho lá publicadas umas fotos dos despojos natalícios.

 
At 27/12/05 13:08, Anonymous Anónimo said...

Entrei e gostei muito do que li(como sempre).
Deixo os meus desejos sinceros para que no NOVO ANO obtenhas os maiores sucessos quer pessoal como profissionalmente.As maiores felicidades para a tua NETINHA-CATARINA.
Um abraço da Ju.

 
At 27/12/05 15:14, Blogger Isabel-F. said...

Oi Kalinka...

Claro que gostei...

um beijo grande para ti

 
At 27/12/05 18:07, Blogger AS said...

Kalinka, tudo de bom para ti!... e Natal terá que viver todos os dias nos nossos corações... Isso é muito mais importante que todas as luzes e todas as prendas!

Um abraço

 
At 28/12/05 00:35, Blogger peciscas said...

O Caracoli já lá está.
Obrigado, amiga!

 
At 28/12/05 19:32, Blogger Luís Monteiro da Cunha said...

Tens razão... e como tens...

A "nossa" música, continua linda!

Olha... sem querer (ou será que quis mesmo?) tive de o fazer,

vai ao teu post
HOJE GOSTARIA DE...

Diverte-te muito na passagem de mais um ano... eu tentarei fazer igual... lol

Bjinho

 
At 28/12/05 21:00, Blogger Caracolinha said...

Venho desejar um encaracolado 2006 ... enrroladinho em coisas boas, cheio de alegria e boa disposição, força, amigos, amores, dinheiro, perspectivas, saúde, muita farra e ... dizer-te que foi um enorme prazer contar contigo na casquinha ...

Que um mar de felicidade inunde as vossas vidas no próximo ano !!!!

Beijoquinha muito encaracolada em coisas boas !!!! ;)

 
At 2/1/06 09:51, Blogger Patrícia Posse said...

Gostei mt deste post.
É importante alimentar a imaginação das crianças pk ao faze-las acreditar k o pai natal existe d facto é contribuir para k, futuramente (apesar d descobrirem a verdd), nca deixem d acreditar k, à semelhança do Pai Natal, as coisas mágicas e as pessoas boas existem, basta k acreditemos k somos capazes de as encontrar. Fazer as nossas crianças acreditar n Pai Natal é tb contribuir para desenvolver o optimismo em relação a um futuro k ñ tardará a chegar.
Outro destaque vai para a frivolidade k se segue ao dia d natal, em k as conversas versam todas sobre o mesmo: a passagem d ano. É cm dizes falam-se das toilletes, dos lugares, mas esquecem-se frequentemente d traçar os objectivos para o prxm ano d forma a colmatar as carências do ano k deixam p trás.
O poema d Fernando Pessoa (por sinal o poeta k + admiro), k ñ conhecia, foi escolhido a dedo e vêm n encadeamento lógico dakilo k é dito... O Natal deve ser um estado de espírito, a questão k se levanta é: seremos nós capazes de o viver todos os dias?!
***

 

Enviar um comentário

<< Home