terça-feira, novembro 22, 2005

Todo o AMOR...


Todo amor
Todo amor dorme
Numa caixa, numa gaveta, numa sala escura
Que às vezes visito
Como hoje num sonho
Como Deneuve entre os pombos
A abençoar seus queridos
E o tempo, senhor dos enganos
Apaga os momentos sofridos
E aqui te traz vez por outra
A passar umas horas comigo
Ficamos nós dois entre sonhos
De amores novos e antigos
Te beijo no escuro silêncio da sala
Que às vezes visito ..."

24 Comments:

At 22/11/05 21:59, Blogger AS said...

Já não sei como aqui cheguei, mas isso é o que menos importa!

Encontrei sensibilidade, excelentes textos e bela poesia. Este último poema é lindissimo!

Vou voltar...

 
At 23/11/05 00:37, Blogger Ana said...

Mesmo quando o amor dorme, continua vivo!
Um beijo grande, minha amiga Kalinka.

 
At 23/11/05 04:41, Blogger Cristina said...

Olá querida Kalinka,
Vinha á espera de outra viagem e encontro este belo poema
:)
parabéns, está muito lindo.
Obrigada pelas tuas palavras carinhosas deixadas no meu mundo, és uma querida
:)
beijinhuu

 
At 23/11/05 09:07, Blogger peciscas said...

Todos nós temos uma caixa, mais ou menos íntima, onde guardamos os nossos amores, os nossos sonhos, as nossas recordações.
Boa a metáfora que usaste.

 
At 23/11/05 10:24, Blogger Isabel-F. said...

Oi Kalinka,

Bom dia.

É teu o poema?
Parabéns porque é lindissimo.
Gostei imenso.

Beijinhos

 
At 23/11/05 15:49, Anonymous Angela said...

Não conhecia esse teu lado romântico. Também tu és uma caixinha de surpresas. Gostei muito do poema. Beijinhos

 
At 23/11/05 17:27, Blogger Pitucha said...

Kalinka
Sem amor morre-se, com ele sofre-se! Devo dizer que estou com mixed feelings...
Mas gostei do poema. É teu?
Beijos

 
At 23/11/05 23:02, Blogger Mocho Falante said...

Vinha à procura de um guia de viagem e encontrei um poema lindissimo

Beijocas doces

 
At 23/11/05 23:22, Blogger AS said...

Kalinka, agradeço as palavras tão gentis. vim encontrar aqui muita sensibilidade, belos textos, linda poesia e muito bom gosto! Vou voltar sim!...

 
At 24/11/05 08:17, Blogger cm said...

"...às vezes visito
Como hoje num sonho " e como " o sonho comanda a vida...."

 
At 24/11/05 10:59, Anonymous anabela said...

Oi ,acabei de falar contigo e nao te atrevas a pensar ke nao acredito em ti,teria pena de me ir embora sem te ver e falar mas tb de te ver a passar essas tormentas pois a saude é o mais importante,gostei muito do poema e ...parabens pelo blog.bj AA

 
At 24/11/05 18:50, Anonymous apoetas said...

KALINKA : Agradeço-te a visita e as felicitações deixadas no "Poéticus". Volta sempre que puderes.

Beijos.

 
At 24/11/05 23:21, Blogger Kalinka said...

COMEÇO POR DIZER QUE HOJE DURANTE TODO O DIA TIVE INTERDITA A LIGAÇÃO À INTERNET, AO SERVIDOR E QUERIA POSTAR - NADA, QUERIA RESPONDER AOS VOSSOS COMENTÁRIOS E TAMBÉM NADA. DEPOIS DE TER RECLAMADO VIA TELEFONE SÓ AGORA CONSEGUIRAM RESOLVER O PROBLEMA, DAÍ QUE JÁ NÃO VÁ DAR TEMPO PARA TUDO...faço o que puder, espero a vossa compreensão. KALINKA.

 
At 24/11/05 23:25, Blogger Kalinka said...

RE: FROG
Começar a ler o 1º comentário e logo com palavras tão belas deixa qualquer pessoa feliz, assim fiquei também por ver que foi a 1ª vez que visitaste o meu blog, agradeço-te e espero continuar a ver-te por cá, sempre que queiras ler-me...
Muitissimo obrigado por todos os elogios que ofereces ao meu kalinka

 
At 24/11/05 23:30, Blogger Kalinka said...

RESP: ANA
Belas palavras as tuas.
Muito obrigado minha Amiga.
Beijos. Volta sempre.


RESP: NITA4EVER
Pois é, foi isso mesmo k eu pensei, que algumas pessoas viriam à espera que eu chegue a Las Vegas, mas de vez em quando gosto de surpreender, de forma a que dê mais entusiasmo ao meu blog...
Um pequeno interregno nas férias e elas em breve, aqui voltam.
Muito obrigado por tudo, eu é que tenho que agradecer. Beijokas.

 
At 24/11/05 23:35, Blogger Kalinka said...

RESP: PECISCAS
Obrigado pelas tuas palavras de apreço e, ainda bem que concordas que todos nós temos qualquer lugar onde guardamos o que nos é mais íntimo. A metáfora foi expontânea.

RESP: ISABEL F.
Digamos que são palavras de divagação e algumas de realidade, não lhe chamaria um poema, mas algo construído por mim, no momento.Fico feliz pk gostaste.
Não tenho capacidade para chegar a poetisa, quem me dera...Beijokas.

 
At 24/11/05 23:42, Blogger Kalinka said...

RESP: ÂNGELA
Várias vezes aqui tenho escrito que sempre fui uma romântica incorrigível, apenas com o passar do tempo começo a descrer disso tudo, pois é o que a Vida me mostra diariamente...
Concordo que sou mesmo uma caixinha de surpresas. Beijokas.

RESP: PITUCHA
Sim estás mesmo como eu, com mixed feelings...pois é, sem amor morre-se lentamente...ah, a quem o dizes!
Já respondi à Isabel, quem sou eu para fazer poesia?...são minhas as palavras, mas ñ é nenhum poema, apenas divagação...vai saindo conforme o que recordo da Vida...
Muito obrigada por teres gostado.
Beijokas.

 
At 24/11/05 23:50, Blogger Kalinka said...

RESP: MOCHO FALANTE
Ah...um guia de viagens, já estava a cansar-vos, daí que resolvi surpreender com outra faceta da Vida...o Amor!
Poema não é, mas obrigado na mesma pelo belo adjectivo que atribuiste às minhas singelas palavras.
Retribuo as beijokas doces.


RESP: CM
Ainda bem que às vezes, visitas...
Concordo plenamente contigo: o sonho comanda a Vida. É assim que tenho levado o barco, durante meio século de Vida, e ñ me tenho dado mal com os sonhos e a realização dos mesmos. Obrigado pela VISITA...

 
At 24/11/05 23:55, Blogger Kalinka said...

PRIMA:
Sabes melhor que ninguém que estou a passar um mau período em termos de saúde, daí que ande um pouco diferente do normal e diga algo que parece aos olhos dos outros, uma agressividade...mas, conheces-me, não sou nada disso, até tenho coração de manteiga em tempo de Verão...tu sabes disso! Beijokas.

RESP: APOETAS
Felicitações mais que merecidas...
Está o máximo. Adorei.
Volto sim, com toda a certeza.
Beijos.

 
At 25/11/05 22:59, Blogger A .Carlos said...

Lindissimo este poema Kalynka,
A musica está bem pensada e de acordo com a imagem também.
adorei cada pedacinho!!!!
:)
Bjs

 
At 26/11/05 20:01, Blogger Amaral said...

Todo o AMOR nesse poema bonito, com a sensualidade misturada nesse desenho de encantar…

 
At 27/11/05 00:04, Blogger Kalinka said...

A.CARLOS
AMARAL:

Muito obrigado aos dois pelas vossas palavras tão gentis em relação a este «post».
Eu também adorei cada pedacinho...

Sim, sensualidade misturada ao desenho, foi feito de forma a encaixar uma ideia na outra...tudo muito bem pensado.
Bom fim de semana.
Beijokas.

 
At 30/11/05 12:59, Blogger Ana Maria said...

bela melancolia guardada numa caixa junto ao amor e à beleza.

 
At 1/12/05 14:17, Blogger Kalinka said...

RESP: ANA MARIA

Muito obrigada pela sua 1ª visita ao meu cantinho, fico feliz por me ter descoberto e ter participado.
Tenho esperança que volte mais vezes. Também já fui visitar o seu e gostei de ler tanta poesia bela.
As suas palavras são sensíveis e lindas, em relação ao meu «post».
Bom feriado.

 

Enviar um comentário

<< Home