terça-feira, dezembro 13, 2005

PORTO - CIDADE


Aproveitando o início da minha última semana de férias deste ano/2005, decidi ir ao Porto. Adoro fazer compras no Porto, todo aquele ambiente de pessoas tão diferentes circulando pelas ruas estreitas e típicas, o seu sotaque nortenho, os preços mais convidativos do que em Lisboa...e, o facto de ainda utilizarem muito a expressão: menina!
Quantas e quantas vezes abordava pessoas para perguntar algo que não sabia e sempre ouvia: a menina vai por ali...ou a menina devia ter virado à esquerda na rua atrás...que bom!!! Menina...
Tudo razões que cheguem para que eu tenha decidido viajar no Alfa Pendular e chegar ao Porto no sábado passado, com um belo dia de sol, que se prolongou pelos 3 dias que lá estive. Aproveitei para estar com alguns familiares e antecipei desta forma o espírito natalício.
Falando um pouco sobre a cidade:
A Câmara Municipal do Porto, ciente da importância destas iniciativas para a cidade e das vantagens de um apoio internacional para a consolidação deste processo, dirigiu uma candidatura formal à UNESCO para que classificasse o Centro Histórico do Porto como Património Mundial da Humanidade. O processo iniciou-se em 1993, e teve um impulso decisivo em 1996, quando o Comité de Patrimónios Mundiais da UNESCO aprovou a candidatura da cidade do Porto. A candidatura foi organizada pelo CRUARB, juntamente com vários departamentos especializados da Câmara Municipal. A decisão da UNESCO foi extremamente influenciada, pela qualidade dos trabalhos de renovação urbana e social, especialmente por aqueles dedicados ao apoio da população local, assim como pelas actividades culturais e desportivas que têm sido introduzidas com sucesso ao longo de toda a zona, classificada actualmente, como Património Mundial da Humanidade.
Para estar mais perto de tudo e não depender de transportes públicos decidi ficar no «Grande Hotel do Porto» em plena Rua de Santa Catarina. O hotel está localizado no coração do Porto, na rua pedestre com maior densidade de lojas do centro. Fora de portas, alguns dos principais monumentos, igrejas, museus e teatros estão à distância de um tranquilo passeio a pé.
A 250 metros da estação de comboios de S. Bento e ao lado da estação de metro do Bolhão, as acessibilidades do hotel são excelentes.
Agora, um pouco da história deste Hotel:
Concebido pelo Arq. Nortenho Silva Sardinha, o Grande Hotel do Porto abriu portas a 27 de Março de 1880. Foi projectado para ser o primeiro “Grande Hotel” da cidade com todo o fausto de fim de século. Contrastando com o que na altura o rodeava, o luxo do hotel podia ser visto na sua decoração de espelhos franceses, lustres, florões dourados, colunatas sumptuosas e mármores.
No decorrer dos mais de 100 anos da sua existência foi local de encontros e tertúlias da sociedade Portuense. Por aqui passaram políticos, escritores, espiões, refugiados da guerra, artistas e membros da nobreza mundial.
Hoje, ainda se respira o charme de outros tempos A última remodelação total do hotel, que ocorreu em 2002, respeitou a traça clássica do modelo original. A Herança de “Grande Hotel” é ainda visível em muitos pormenores, como por exemplo a fachada Vitoriana e os seus elaborados detalhes e muitos dos pormenores decorativos do interior.
Com mais de um século, o Grande Hotel do Porto é o mais antigo hotel em funcionamento na cidade. Testemunha de várias épocas, chegou até aos nossos dias como um hotel de charme, onde o detalhe faz a diferença e onde se encontra um ambiente acolhedor e tranquilo para desfrutar do melhor descanso.
Adorei o passeio, a estadia, o tempo e tudo...voltarei assim que puder!

17 Comments:

At 13/12/05 17:47, Blogger AS said...

Kalinka, a minha gratidão pela tua presença na FNAC. Adorei ter-te dado aquele abraço, nele ia toda a imensa pena de não poder ter dado contigo um passeio pela baixa. Mas mal dormi nos dias que antecederam a apresentação do livro... há sempre algo que falta, que é preciso resolver e acredita que não foi nada fácil!... precisava de estar uma semana sem fazer nada!

Adorei conhecer-te. Obrigado pelo teu carinho e pela tua imensa simpatia

Um beijo

 
At 13/12/05 19:24, Blogger Periférico said...

Biba a Inbicta!;-)

A Menina Kalinka volte sempre que é bem Binda! ;-)

E o Grande Hotel do Porto devia ser mais promovido como hotel de charme! Já lá fiquei uma vez nos tempos que ainda vivia na Capital! Sei do que falas!

Beijos

 
At 13/12/05 22:13, Blogger Miguel said...

Ainda bem ...
O Porto é uma cidade linda e dislumbrante!

Um Bom resto de férias!

Mil Bjks da Matilde

 
At 13/12/05 23:01, Blogger MCM said...

Que bela ideia me deste. Assim que puder vou ao Porto, e já sei onde ficar!

 
At 14/12/05 00:06, Blogger A .Carlos said...

Olá "menina" Kalinka,
;)
Que a tua ultima semana de férias deste ano,te continue a "saber" assim tão bem;
e que bom, foi ficar a saber um pouco, sobre a história de um dos
já raros "velhinhos" hóteis deste País.
Bjs
:)

 
At 14/12/05 01:10, Blogger Amaral said...

Como vês, as coisas mais simples provocam emoções determinadas e especiais. E tudo depende das nossas decisões. Tu escolheste ir ao Porto (coisa mais banal). Agora, da opção que tomaste, retira o fruto dessa experiência. É palermice, é balela? Tudo bem! Adiante!
Supõe que, em vez de teres decidido ir ao Porto, havias decidido ficar em casa. Estavas "xoxa", uma má-disposição, ficaste a ver um filme na TV (uma granda seca, por acaso…), o tempo passou a correr e viste-te na cama sem dares por isso. Os outros dias, também não foram muito diferentes.
É claro que isto podem ser duas parvoíces imaginadas, já que não se passou nada disto! Mas, por um minuto, compara os momentos das duas situações. São diferentes, claro. Não digo que uma foi melhor que a outra. Digo que são diferentes. Mas quem criou a realidade que experienciaste e que te deu um gozo especial?...
Alguém mais que tu? (em última análise, claro...)

 
At 14/12/05 07:50, Blogger Pitucha said...

Da próxima vez vou contigo: para me mostrares o Porto que ainda não conheço! É uma vergonha, eu sei...
Beijos

 
At 14/12/05 10:30, Blogger Mocho Falante said...

ai as saudades que tenho de ir ao Porto, beber um cimbalino no café da Praça, ou passear por Santa Catarina, saltar até ao Bulhão e lanchar no Majestic...

Deste-me cá uma vontade de dar um pulinho até lá que nem imaginas

beijocas doces

PS: da outra vez voltei, mas não comentei....

 
At 14/12/05 11:13, Anonymous Friedrich said...

Ora, com este artigo magnífico a menina:) despoletou em mim, um desejo voraz de ir ao Porto antes mesmo do Natal, e ficar hospedado no "Grande Hotel" (será que também tem quarto para o meu cão?). O Porto, Património Mundial da Humanidade, o é merecidamente pelos seus costumes, pela traça antiga das construções e suas praças, assim como pela zona ribeirinha e as magnificas pontes sobre o Douro, sobretudo a de Eiffel. Adoro o Porto, mas só da cidade e suas gentes... :)
Desculpem-me os a ficcionados nas lides da bola.

Beijo a menina, desejando um Feliz Natal

 
At 14/12/05 13:57, Anonymous Anónimo said...

Estou encantada com a descrição que fazes da minha cidade, pelo carinho com que analisas as pessoas, os factos, tudo o que escreves. Fico esperando que brevemente voltes cá.

Bj. da Ju

 
At 14/12/05 15:54, Blogger Kalinka said...

ESTOU FELIZ...!!!
TÃO FELIZ....
COMO UM ARTIGO BANAL...SOBRE A MINHA IDA AO PORTO, ENTUSIASMOU ALGUMAS PESSOAS...
É SEMPRE UMA SURPRESA O QUE AQUI ESCREVEMOS.
NUNCA SABEMOS COMO É ACEITE PELAS PESSOAS QUE NOS LÊEM. PARECE QUE ESCOLHI UM TEMA QUE AGRADOU, PELAS RESPOSTAS QUE ACABO DE LER.
COMO JÁ TINHA AVISADO VOU RESPONDER NOS VOSSOS PRÓPRIOS BLOGUES, PARA QUEM TEM BLOG...LÓGICO, E PARA QUEM NÃO TEM, VOU DEIXAR AQUI ALGUMAS PALAVRAS.
VOTOS DE BOAS FESTAS E FELIZ ANO 2006 PARA TODOS OS QUE ME VISITAREM E LEREM ESTE MEU COMENTÁRIO.
SEJAM FELIZES.
EU TAMBÉM FAÇO POR ISSO (por vezes com coisas tão banais...)
BEIJOKAS.
MUITO OBRIGADO POR TUDO.
nota: como eu gostei de ver a atenção k tiveram em ler o artigo e alguns de vós me trataram por «menina» são uns queridos!!!

 
At 14/12/05 22:01, Blogger peciscas said...

Ainda bem que goastaste de estar aqui, nesta cidade com rosto cinzento de cantaria, como diz o Carlos Tê que, embora não seja onde nasci adoptei como minha desde os 17 anos.
Ficaste numa das mais emblemáticas ruas do Porto e num precioso hotel, quase em frente desse histórico café que é o Majestic.
Quando estive longe, a cumprir serviço militar, as saudades que tínha desses sítios.
Quando o maralhal (termo nosso)do Porto se juntava nessas noites tropicais longínquas, uma das coisas com que sonhávamos era voltar a ficar encostado, em Santa Catarina, a ver passar as meninas.

 
At 15/12/05 11:15, Blogger Vulcão said...

Volta, volta...
A "minha" cidade é encantadora!

Ainda bem que foi tempo (de férias) tão bem aproveitado!

 
At 15/12/05 14:24, Blogger Kalinka said...

VULCÃO:
Muito obrigado pela tua 1ª visita ao meu kalinka. Fico muito Feliz.
Espero que gostes e voltes mais vezes.
Sobre a «tua» cidade, eu sei que é encantadora e voltarei mais vezes, podes crer!
Aliás, foi onde dei os meus primeiros passos cá em Portugal e fui-a descobrindo aos poucos há 28 anos atrás...e, agora, estando longe, não deixo de lá voltar todos os anos, uma vez por ano, e jamais a esquecerei...
Nesta época natalícia, daqui envio os meus votos de Festas Felizes e um Bom Ano de 2006 para ti.

 
At 15/12/05 14:31, Blogger Kalinka said...

JU:
Pois, se leres o comentário que fiz anterior, ficarás sabendo que a «tua» cidade não é nada de novo para mim, estou simplesmente a redescobri-la, pois com a evolução há muitas coisas diferentes e novas que eu ainda não conheço.
Sobre as pessoas e o carinho, eu senti isso há 28 anos atrás, não é de agora, daí a minha análise, pois não foi nestes 3 dias que eu iria ter tempo para apreciar isso.
Sobre voltar...já ontem tive um convite para voltar no 1º fim de semana de Janeiro...bem....veremos!
Muito obrigado pela tua 1ª visita aqui ao meu kalinka, volta sempre.
Ficarei muito Feliz. Beijokas.

 
At 18/12/05 02:49, Anonymous Angela said...

Fico feliz que tenhas passado uns bons tempos no Porto. Espero que tenhas descansado o bastante e que ao mesmo tempo tenhas-te divertido bastante. Beijos

 
At 18/12/05 14:20, Blogger Kalinka said...

ÂNGELA:
Finalmente regressaste ao meu cantinho e aos comentários, que bom...foi chegar aqui hoje - domingo - e encontrar palavras tuas.
Olha, quando vou de férias, seja para umas mini-férias ou maxi-férias, nunca descanso, sou demasiado curiosa e agitada para estar a descansar num lugar que para mim é novo ou quase novo.
Daí, que mal parei, o tempo foi ocupado de todas as formas possíveis e imaginárias...uma bela tarde passada c/meu afilhado, que depois me deixou c/tua avó até às 23h; no dia seguinte aquilo foi uma corrida desenfreada pelas lojas das ruas de Sta. Catarina, Passos Manuel e sei lá que mais, até dentro do mercado do Bulhão eu entrei, enfim...almocei sozinha (claro) no Via Catarina e, cheguei à estação de combóios faltava apenas 5 minutos p/o Alfa partir p/Lisboa, ia ficando em terra. Beijokas.

 

Enviar um comentário

<< Home