segunda-feira, fevereiro 13, 2006

O que muitos Pais deveriam saber...

Quem ainda não leu o «post» anterior, não o deixe de fazer, pois este vem no seguimento do outro, tem tudo a ver.
Natação
Os Benefícios da Natação Infantil no Processo de Alfabetização

O desenvolvimento da personalidade da criança , que compreende as mudanças ocorridas no organismo durante o processo de crescimento e desenvolvimento (comportamento motor, percepção, construção da inteligência, afetividade, aprendizagem) tem merecido ultimamente uma atenção cada vez maior por parte dos investigadores, como assinala Cirigliano (1981). A cada dia novas escolas de natação são abertas oferecendo a prática dessa atividade a todas as faixas etárias, incluindo-se aí desde os recém-nascidos (3 meses) até idosos. Os pais matriculam seus filhos ainda bebês em programas de adaptação ao meio líquido esperando que com isso os mesmos aprendam a nadar.

Mas o que muitos não têm em mente é que os benefícios de um programa de natação infantil vão muito além do saber nadar. Sem via de dúvida, a natação infantil é o primeiro e mais eficaz instrumento de aplicação da Educação Física no ser humano, assim como excelente elemento para iniciar a criança na aprendizagem organizada. Similarmente, é possível afirmar ,no que diz respeito, por exemplo, ao desenvolvimento psicomotor, sua decisiva participação na construção do esquema corporal e seu papel integrador no processo de maturação, como assinala Franco (1985) e Damasceno (1992-c). Dessa forma, o fim que persegue um método de natação não deve ser unicamente que o aluno chegue a converter-se em um bom nadador.
Como salienta Navarro (1978), o aluno deve também receber um acumulo de experiências que, através das suas vivências lhe enriqueçam e contribuam à sua melhor educação integral.
Nesse sentido, a natação infantil não se detém somente ao facto de que a criança aprenda a nadar, como afirmam Navarro e Tagarro (1980), mas sim, que contribua para activar o processo evolutivo psicomorfológico da criança, auxiliando o desenvolvimento de sua psicomotricidade e reforçando o início de sua personalidade.
O raio de ação da natação infantil, continuam os especialistas, envolve desde a activação das células cerebrais da criança, até um melhor e mais precoce desenvolvimento de sua psicomotricidade, sociabilidade e reforço do sistema cardiovascular morfológico. A natação como agente educativo quando aplicada a crianças em idade pré-escolar assumirá um papel formativo e totalizador, levando as mesmas crianças que participaram de um programa de adaptação ao meio líquido a se desenvolverem melhor e mais rapidamente, o que fará do posterior processo de alfabetização algo simples e bem sucedido.
Podemos inferir, assim como Cirigliano (1981) que um programa de natação para a primeira infância, quando elaborado e conduzido por um profissional competente, assume o importante papel de educar integralmente a criança permitindo:
A aquisição do sentimento de "confiança básico", eixo da personalidade e matriz da confiança social;
A seleção e gradação dos estímulos sensoriomotores para obtenção de respostas adaptativas mais adequadas e hierarquicamente úteis para a transferência da aprendizagem;
A adequação aos estímulos perceptivomotores no preciso momento evolutivo, tornando irreprodutível se oferecido mais tarde com as mesmas características naturais e nas mesmas condições;
A utilização da base reflexa antes de sua extinção, para a construção de sistemas funcionais económicos através de propostas sistemáticas de aprendizagem;
O conhecimento e domínio progressivo do corpo, que facilitam a formação de uma imagem corporal integrada e rica através da sensório - percepção;
A formação de base da inteligência, a partir das oportunidades oferecidas, em quantidade e qualidade adequadas , de exercitar sua vontade em realizar experiências;
A comunicação entre a criança e o professor (adulto) através do gesto e da acção, como medida prévia para uma comunicação simbólica e integrada em seus três níveis de expressão: preverbal, paraverbal e verbal;
A instauração de um vínculo pedagógico personalizado e cooperativo , aberto a mutualidade família - escola de natação, a fim de formar um arquétipo educativo social prospectivamente válido.
Assim, a importância da natação não apenas para o desenvolvimento físico da criança mas também para a formação de sua personalidade e inteligência, é algo que não se pode negar. Crianças iniciadas em um programa de adaptação ao meio líquido em idade pré-escolar têm um rendimento mais satisfatório em seu processo de alfabetização.

11 Comments:

At 13/2/06 18:36, Blogger Miguel said...

Kalinka,

Obrigado pela tua recomendação!
Como sempre, o teu sentido informativo levou-te a fazer um post excelente!

Bjks da Matilde

 
At 13/2/06 19:53, Blogger peciscas said...

Amiga. Lendo este post e, sobretudo o anterior, que recordações me trouxeste!
Lembraste-me a primeira vez que vi o meu filhote num tanque de natação, a dar as primeiras braçadas. Naquele momento, emocionei-me, mas achei que, para além do bem que lhe fazia aquela actividade, dificilmente conseguiria aprender a nadar algo de minimamnete aceitável.
Mal eu imaginava onde aquilo iria dar. Aos poucos, foi progredindo, até que um dia, com grande espanto meu, pediram-me autorização para ele entrar para a pré-competição.
E, de degrau em degrau, chegou à equipa principal do FCP, e, sem nunca ser um grande nadador, conseguiu um 6º lugar num Campeonato Nacional Absoluto, para além de alguns títulos regionais.
E eu, indo atrás dele, fiz-me árbitro de nataçã, fui Árbitro Nacional e cheguei a participar nuns Campeonatos Europeus que se disputaram no Jamor.
Actualmente desliguei-me da modalidade, mas, juro que é um desporto de uma beleza sem igual!

 
At 14/2/06 00:41, Blogger A .Carlos said...

Olá Kalinka,
Mais um excelente post, sem duvida.
O meu filhote desde tenra idade que praticava natação, mas agora nesta fase de adolescente, deu-lhe para a preguiça, veremos se voltará.
Fazia-lhe muito bem.
:)))
Uma boa semana para ti
Bjss
≺ A New Day ≻

 
At 14/2/06 09:44, Blogger DIAFRAGMA said...

Dentro do mesmo tema, tem havido pesquisas interessantíssimas sobre a infuência da música de Mozart no desempenho das crianças. Chamam-lhe já o "Mozart effect", que pode visitar-se em:

http://parenting-baby.com/Parenting-Baby-Music-Research/Music-Research.html

 
At 14/2/06 10:28, Blogger Mocho Falante said...

Ora pois, não nos podemos esquecer que todo o nosso processo de desenvolvimento se processa no meio liquido e por isso essas remanescencias vêm ao de cima quando em pequenos temos acesso ao mesmo num ambiente tranquilo, quente e protegido. Faz todo o sentido que então que a natação ajude no processo de desenvolvimento intelectual.

muito interessante este post

beijocas

 
At 14/2/06 22:49, Blogger lena said...

penso mesmo que a natação é o desporto mais completo, já há algum tempo que os alunos da pré e do 1º ciclo aqui no meu agrupamento vão à piscina, pena que depois no 2º ciclo não se faça uma continuidade

é dos desportos que têm uma beleza tão grande, já para não falar no bem que faz e no desenvolvimento que proporciona, pois isso todos o sabem

mais um tema que abordas e muito importante e excelente


beijinhos muitos para ti doce amiga

lena

 
At 15/2/06 18:56, Anonymous Angela said...

Olá prima. Estou de volta a este mundo. Já completei o puzzle e se quizeres ver como ficou vai ao myspacemsn, pois não consegui pôr no blog, pois é muito grande. O enderenço é:http://spaces.msn.com/darkangel1983portugal/PersonalSpace.aspx?_c01_blogpart=myspace&_c02_owner=1&_c=blogpart
Espero que consigar aderir. se não conseguires eu depois mostro-te no msn. Fiquei feliz por ver que andas feliz com a tua netinha. Vê lá se me mandas fotos dela.
A natação realmente é muito boa, não só para crianças, mas para todas as faixas etarias. Vou voltar com mais frequencia. Beijos

 
At 16/2/06 00:00, Blogger daalgempaKu said...

Tens toda a razão... estou à espera que a minha filhota tenha mais uns aninhos e lá vai ela nadar...

 
At 16/2/06 16:39, Blogger FOTOESCRITA said...

Que sorte as crianças (infelizmente nem todas) deste século têm em serem melhor compreendidas! Felizmente que se lhes dá mais importância. Grata pela informação.

 
At 26/2/06 22:45, Blogger Kalinka said...

MIGUEL:
Obrigado pelo elogio, mas, sinto-me bem, dando a conhecer às pessoas temas interessantes e imprescindíveis para quem tem crianças pequenas, é o teu caso, com a Princesa Matilde.

PECISCAS:
Vês como tudo começou?
Temos que confiar sempre nas capacidades das pessoas.

A.CARLOS: Obrigado pelo elogio de excelente post. Faço os possíveis para que isso aconteça. Beijo.

DIAFRAGMA: Acredito que seja maravilhoso ao som da musica de Mozart.

MOCHO FALANTE: Falou e disse. Quem sabe, sabe. Beijokas.

 
At 26/2/06 22:47, Blogger Kalinka said...

Agardeço a todos os outros a vossa participação com os vossos comentários. Muito obrigado.
Beijokas.

 

Enviar um comentário

<< Home