terça-feira, abril 25, 2006

DESAFIOS (continuação)


A "velha guarda" de cientistas tenta desesperadamente agarrar-se aos seus métodos antigos e menos dispendiosos. Ao terem esta atitude, impedem o desenvolvimento da ciência e o progresso do conhecimento científico, para além de provocarem um autêntico holocausto de animais não-humanos - muitos dos quais primatas - nos biotérios e laboratórios de experimentação. Somos uma Associação Humanitária sem fins lucrativos, cujo objectivo é tentar minizar o flagelo dos animais abandonados. O caso do BPRC é um triste exemplo dos males científicos e éticos da experimentação animal. Este centro desenvolve testes que, para além de serem cruéis, são completamente desnecessários e inúteis. É por isso que se exige o encerramento deste inferno para as quinze centenas de primatas que agonizam nesta sinistra instituição.
Presentemente, está a ser conduzida uma campanha para encerrar o BPRC através da pressão que está a ser exercida junto do ABN AMRO, o maior banco de negócios da Holanda e que é também o banco do BPRC.
Quase todas as empresas holandesas com um volume de vendas superior a um milhão de euros tem relações comerciais com este banco. O BPRC tem uma conta no ABN AMRO, que é o banco que gere os assuntos financeiros deste centro. Esta não é, de resto, a primeira vez que o ABN AMRO investe e mantém relações comerciais com empresas cujas actividades são eticamente condenáveis. Antes disto, o ABN AMRO tinha investido na construção de plantações de óleo de palma na Indonésia, o que representou a queima de grandes áreas de florestas tropicais neste país. Em resultado disto, populações indígenas, tigres, orangutangos e rinocerontes estão ameaçadas de extinção por estarem a perder o seu habitat natural. Depois de uma campanha do "Milieudefensie" (a organização holandesa "Amigos da Terra"), o banco ABN AMRO prometeu submeter as suas actividades financeiras a critérios muito rigorosos. O ABN AMRO alega que o seu lema é "Respeitar os direitos humanos e o ambiente é parte integrante do comportamento socialmente responsável e da cidadania. Nós somos responsáveis pelos nossos actos e honestos acerca deles." É evidente que, conhecendo os investimentos deste banco, nomeadamente no centro de primatas BPRC, este lema não é muito aplicado por este banco. Para saber como poderá ajudar a encerrar o BPRC e a acabar com o martírio dos 1500 primatas que estão aprisionados e que são torturados neste centro, nomeadamente fazendo com que o ABN AMRO cancele as suas relações comerciais com o BPRC, levando-o a uma situação financeiramente insustentável com o consequente encerramento, visite
http://www.bprcmoetdicht.org.

5 Comments:

At 25/4/06 15:37, Blogger Tetracloro said...

Vou visitar o site.

Beijinho e bom feriado.

 
At 25/4/06 16:42, Blogger Isa&Luis said...

olá menina linda,

Obrigada pela partilha!


Tem um dia delicioso com o aroma a Primavera.

Jinhos fofos

Isa

 
At 25/4/06 18:19, Blogger Caracolinha said...

Amiguinha, neste dia tão importanete, em que se comemora a LIBERDADE, venho deixar-te uma beijoca encaracolada em forma de cravo vermelho !!!!

:))))))))

 
At 25/4/06 19:20, Blogger Laura Lara said...

Kalinka
Vi os teus comentários e venho agradecer-te.
És da Beira? Andaste nas mameres, como eu. Lembras-te da Mamere Amado, da Mamere Chagas, da Menins Emília?
Vou voltar.
Beijinhos beirenses

 
At 25/4/06 23:37, Blogger Amaral said...

Fantástico, Kalinka!... Estou contente por me ter lembrado de ti para este fim. O caso que nos trazes aqui é superimportante e enquanto estas coisas não chegarem ao conhecimento do maior número de pessoas, continuarão a acontecer por esse mundo fora…

 

Enviar um comentário

<< Home