quinta-feira, setembro 07, 2006

ATALHO....DA VIDA


ATALHO...DA VIDA

AMIGOS/AS
Agradeço do fundo do coração de uma avó muito babada, com uma neta de quase 4 anos e, agora, um neto com dias, as vossas palavras tão sinceras e de felicitações.
Estive ausente, por um atalho...da Vida, e apenas hoje cheguei a Portugal, e aqui vim, cheia de ansiedade ler os vossos comentários, sabia que ia encontrar muitos e isso deixou-me muito Feliz, por partilharem comigo da Felicidade de ser novamente Avó.
Mas, a Vida é feita de muitos atalhos, uns bons e outros não tão bons...
Parti, tinha que estar longe, para meditar na Vida e em tudo que tenho passado.
Chorei, sim, não nego, ao ler as vossas palavras, pois...
......................nem tudo é o que parece!
Pouco mais tenho a dizer por agora, o principal era mesmo AGRADECER-VOS as belas palavras, espero que sintam, deste modo, que vos li e se eu não tiver oportunidade de responder em particular a cada um de vós...estou a fazê-lo desta forma...com tempo, retornarei aos comentários nos vossos blogues.
Deixo-vos com esta bela poesia:
AUSÊNCIA
Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.
Sophia de Mello Breyner Andresen

16 Comments:

At 7/9/06 19:44, Blogger Mocho Falante said...

olá minha querida, espero que estejas a desfrutar bem a companhia do novo elemento da familia.

Com um poema da bela Sophia estão feitos os agradecimentos que na verdade não precisa porque estamos cá para também te mimar muito

beijocas

 
At 7/9/06 20:01, Blogger Kalinka said...

OLÁ AMIGO MOCHO
Muito obrigado pelas palavras, mas...o que realmente estou a precisar e muito...é de miminhos!

O meu estado depressivo está nas lonas...nem sei que dizer...
Sobre desfrutar do meu neto, não...nada disso, porque apenas a 36 horas de ele ter nascido, parti...em viagem e acabei de regressar, mas estive com ele umas 2 horas e deu para o sentir.
Beijokas.

 
At 8/9/06 11:17, Anonymous Anónimo said...

Oi wellcome prima,agora fico a espera ke me des 1 toke para te ligar,hoje vou tentar do meu serviço.bj anabela

 
At 8/9/06 12:28, Blogger Miguel said...

Kalinka,

Agora tens o caminho de ser novamente avó para trilhar!

Aproveita todos os bons momentos junto do André!

Os votos de um BOM FDS!

 
At 8/9/06 12:51, Blogger 125_azul said...

Olá, recém-vovó, parabéns!
Vim retribuir a visita e dizer-te que fui paraa Beira com 3 meses de vida e morei lá até aos 8 anos. Depois fui para Angola onde morei até aos 12, voltei para morar 6 meses no Maputo e depois até aos 14 novamente na Beira. Se tiver que considerar algum lugar a minha pátria, é a Beira...
Que bom encontrar-te.
Beijinhos

 
At 8/9/06 12:52, Blogger greentea said...

às vezes as ausencias são necessárias

para meditar

para sentir
para amar
para crescer


um beijo

 
At 8/9/06 13:42, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

"O erotismo é uma das bases do conhecimento de nós próprios, tão indispensável como a poesia" Bom fim de Semana minha querida.....kisss pequenita...

 
At 8/9/06 14:18, Blogger caninos said...

Amiga
Mais uma vez parabens e bom regresso.

Comigo não respondas, eu quando puder venho, tu quando te apetecer vais...

Tudo sem compromisso, que é como eu gosto.

Beijos

 
At 8/9/06 15:50, Blogger rouxinol de Bernardim said...

Sophia a eterna Sophia, sublimação do amor, sublimação da Poesia...
***** .

 
At 8/9/06 19:50, Blogger AS said...

Sophia continua presente entre nós através da sua poesia!... Não podias ter feito melhor escolha...


Um beijo e um bom fim de semana para uma avó babada!

 
At 8/9/06 22:23, Blogger José Alberto Mostardinha said...

Olá Kalinka:

Nós a que agradecemos a tua sensibilidade.
Também é tempo para te desejar um óptimo fim de semana.

Um beijo,


Aguardo a tua visita.

 
At 9/9/06 01:11, Blogger o alquimista said...

Anda lá avó babada...trilha o caminho da ternura...

Doce beijo

 
At 9/9/06 04:25, Blogger pitanga said...

Querida, nas entre linhas sinto que houve uma fuga necessária e pela qual também já passei há muitos anos atrás. Tem razão quando diz "nem tudo é como parece".
beijos e se puder reencontre-se

 
At 9/9/06 15:25, Blogger poeta_silente said...

Minha querida amiga!
Que bom que retornaste. E deves lembrar que eu também passei por isto.
Na nossa caminhada, querida, sabes que muitas vezes temos que nos apartar do mundo e ficarmos a sós conosco. PAra refletirmos e adquirirmos forças para seguir, porque tudo é um caminho sem volta.
Estou aqui e estarei sempre. Não esqueci que, pelas tuas palavras, quando estava num retiro semelhante, eu percebi que o mundo continuava ali, e que era hora de voltar a vivenciá-lo. Elas, na época, foram a força que precisei para inciar esta nova caminhada que, hoje, me é tão prazeirosa.
Beijinhos
Deus abençoe a ti e a toda tua família, sepre.
Miriam

 
At 9/9/06 15:29, Blogger poeta_silente said...

Voltei para pedir-te que mudes o link do Tratos e Poesias, porque só estou com o Tratos e Poesias do Blog Spot. E mais o Noites de Verão ( http://noites-de-verao.blogspot.com/ )
Bjinhos
Miriam

 
At 10/9/06 01:42, Anonymous Nan said...

antes do mais, parabéns pelo netinho e muita, muita felicidade para ele, na vida que agora começa.

pelo que li, neste post, apenas tenho a dizer que não te incomodes muito com mais nada, quando partes, senão em saber que partir nem sempre é morrer um pouco; muitas vezes é um encontro com a vida.

e sabes? tenho, em draft, esse poema da sophia, como muitas outras coisas, à espera que aconteça mesmo aquele momento em que seja impossível mantê-lo assim. penso, muitas vezes: "é agora"...depois inclino-me para trás, fecho os olhos e vejo que não. no meu caso, quando o postar, será uma coisa tão definitiva...

beijinho para ti

 

Enviar um comentário

<< Home