sábado, setembro 09, 2006

MOITA DO RIBATEJO - FESTAS EM SETEMBRO


Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem
Dos preparativos ao último foguete … é FESTA!

Na segunda quinzena de Agosto, já começaram a surgir na vila da Moita sinais de que a festa está a chegar. Além da cor, as ruas enchem-se de gente que antecipa, em conversas e preparativos, a animação dos dias que se seguem. Há muito que as férias estão marcadas… vem aí a Festa da Moita, com tudo o que a torna única!
Já Chegou o Arraial!
O arraial é o primeiro desses indícios.
A “Casa Lira”, empresa sedeada em Felgueiras, responsável pela elaboração e colocação dos arraiais há quase 70 anos, começa a distribuir pelas ruas os motivos coloridos que contam histórias das tradições da terra.
Um ano de trabalho ornamenta e alegra as principais ruas da vila. Todos os adornos são pensados e escolhidos ao pormenor para os cerca de 60 arcos desta festa. A decoração e iluminação continuam a ser feitas de forma artesanal. Fernando da Silva e Sousa conta que a empresa, com 103 anos, é “do tempo do pai do falecido Sr. Lira, quando os arraiais ainda eram feitos em papel”. Hoje, os materiais evoluíram mas os objectivos da firma mantém-se, dando vida às romarias de todo o país.
Festa Rija, Festa Brava
Segue-se a marcação das árvores na Avenida Dr. Teófilo de Braga - para guardar um lugar privilegiado para as Largadas de Toiros -, a construção dos burladeros e a montagem das chamadas “tronqueiras”, desde a avenida até ao Largo Conde Ferreira, onde se faz a entrada de toiros a pé.
Começa-se a preparar os fogareiros e a combinar os petiscos (também para a Tarde do Fogareiro que decorre no mesmo espaço, no dia 15…).
É tempo de reencontrar amigos e reunir familiares. Desde sempre que se fazem autênticas “romarias” para assistir às largadas de toiros.
As reportagens publicadas no Diário de Notícias, até mesmo no conturbado período entre 1911 e 1920 (em que se chegou a pensar que as festas não iriam ter continuidade), fazem sempre referência à “extraordinária concorrência” nos “tradicionais e antigos festejos conhecidos pelos da Senhora da Boa Viagem”, “quer por parte do povo de Lisboa, como de outros pontos da margem sul do Tejo, Coimbra, Setúbal, Barreiro, Alhos Vedros, etc.”. Um dos pontos fortes em destaque nestas reportagens eram “as entradas do gado bravo” e as corridas de touros. Os incidentes com gado tresmalhado ou os episódios de um ou outro golpe de bravura ou azar preenchiam colunas…
A Feira Taurina, uma das mais prestigiadas do país, também é sempre muito aguardada. Este ano, os seus organizadores procuraram elevar a qualidade e diversidade dos cartéis, dando destaque não só aos artistas do momento, mas também aos grandes nomes, formados na Escola de Toureio da Moita.
A primeira corrida, na segunda-feira, dia 11 de Setembro, pelas 22:00h, será dedicada às mulheres;
na terça-feira, dia 12 de Setembro, pelas 18:30h, terá lugar a Corrida do Município, que será mista e com a presença da Banda Musical do Rosário.
Quarta-feira, dia 13 de Setembro, pelas 22:00h, decorrerá a Corrida do Futuro, que dá destaque aos jovens talentos;
quinta-feira, dia 14 de Setembro, pelas 22:00h, tem lugar a habitual corrida a cavalo e, sexta-feira, dia 15 de Setembro, pelas 22:00h, a já tradicional corrida a pé.

A Celebração dos Marítimos
Os barcos perfilam-se engalanados junto ao cais para receber os festejos. As celebrações religiosas e marítimas centram-se, sobretudo, no primeiro domingo das festas. A imponente procissão, a bênção das embarcações e o cortejo de barcos tradicionais do Tejo são as manifestações com maior carga simbólica da festa.
A Noite do Fragateiro (noite de fado), no sábado, dia 9 de Setembro, no Largo do Cais, dá continuidade à homenagem aos marítimos. No mesmo dia, mas à tarde, destaca-se também a Tradicional Regata com barcos típicos do Tejo e, na segunda-feira, dia 11 de Setembro, pelas 16:30h, a realização do “V Cais Vivo”, com desfile de embarcações típicas do Tejo e convite à população para passeios de barco na zona da Caldeira.

Folclore Prestigia Tradições
Os usos e costumes celebram-se igualmente no Festival de Folclore das Festas de Nossa Senhora da Boa Viagem. A valorização das tradições ganha expressão nas danças e cantares, na música e nos trajes que os ranchos folclóricos do concelho recuperam e procuram manter. Os ranchos folclóricos do concelho da Moita são fiéis depositários das tradições “caramelas”, alentejanas e algarvias que irão apresentar no habitual Festival de Folclore das Festas de Nossa Senhora da Boa Viagem, ao lado de diversos grupos folclóricos e etnográficos do país, no dia 9 de Setembro, sábado, pelas 22:00h.
Este ano, destaca-se ainda o “Moita a Rufar”, um desfile de bombos e gingatones que reúne onze grupos que vão percorrer animadamente as ruas da vila.

Música Popular Anima Festividades
A animação musical é outra das vertentes da festa que mais agrada aos visitantes. Este ano, o palco principal, montado na Avenida Marginal, junto ao rio,
recebe os Canta Brasil,
os Blasted Mechanism,
Quim Barreiros,
Hands on Approach e
Tony Carreira.
O palco da Praça da República, contará com a actuação do conjunto Objectivo, Banda Musical do Rosário, Banda da Sociedade Filarmónica União Agrícola, do Pinhal Novo, Naim, Bossa Nossa, Orquestra Ligeira 6 Latinos e Rodrigo. Quem preferir dar um pezinho de dança, pode fazê-lo no Largo Conde Ferreira, animado diariamente, a partir das 22:30h, pelos conjuntos musicais Alma Nova e Sinal.

Rio Recebe Luz e Cor
A encerrar as Festas, chega o famoso fogo-de-artifício que transforma o céu numa paleta de cores, de brilho e de luz, reflectindo-se nas águas do Tejo. Embora o lançamento dos tradicionais foguetes esteja sujeito a algumas restrições devido às normas estabelecidas para a prevenção de incêndios no período considerado crítico, que decorre até 30 de Setembro, o espectáculo pirotécnico, a cargo de uma empresa especializada, é sujeito a normas de segurança rigorosas.

Um espectáculo a não perder!

22 Comments:

At 10/9/06 00:08, Blogger Isa&Luis said...

Estou demasiado longe para não perder essa festa.
E isto serve-me de desculpa porque a realidade é que não vou muito em festas, embora reconheça que algumas são interessantes, culturalmente falando.
Ninguem pode ter a certeza de todas as suas verdades, e esta constituindo a minha opinião e gostos, é válida apenas para mim. Mas muitas das «Minhas Verdades», aquelas que as outras pessoas mais ouvem de mim, foram obtidas por via racional e geralmente apoiadas pela ciência, como é o caso de «Educação de Crianças», por exemplo. E dessas estou seguro tanto quanto os bons resultados práticos que já me deram me permitem estar.
E a minha indignação vem à tona quando vejo que a educação tradicional continua a ser a mais defendida neste mundo, com os rsultados que todos sabemos. Admiro-me muito que as pessoas, vendo as consequências da prática da sua sabedoria nessa matéria, continuem a defender essas ideias com unhas e dentes, como se costuma dizer.
Até quando?
Minha querida, eu não quero fazer-te infeliz falando nisto, acredita!
É lixado viver uma vida em função da crença num deus que nos impingiram e depois verificar que afinal era tudo mentira e que ele não existe, mas que foi inventado por razões de dominio de todos por uns poucos.
Todos sofremos quando descobrimos, que verdades em que fomos habituados a acreditar, não passavam de trapaças que eram tudo menos inocentes.
Não penso que isso seja motivo de nos zangarmos com aqueles que nos ajudam a tomar conhecimento delas.

Tudo de bom para ti!
Um beijo
Luis

 
At 10/9/06 00:37, Blogger 125_azul said...

É festa, é festa, é festa! Bom divertimento! Beijinhos

 
At 10/9/06 01:25, Anonymous Nan said...

bom...acho que já comentei este post no blog errado...o meu!
:)

 
At 10/9/06 01:37, Blogger Kalinka said...

OLÁ NAN

Então...???
Mas que pena teres comentado no teu blog...
Vê se consegues passar o teu comentário para aqui, pois aqui é que ele devia estar.
Eu já o li...
ACREDITA que detesto a festa, vivo aqui há 25 anos e só nos primeiros anos achei piada, depois cansei-me e se puder, nesta semana da festa, desapareço daqui para fora...
é confusão com tudo, com o trânsito, principalmente.

Mas, como acho que os blogs são mesmo úteis para passarmos algumas informações, decidi que iria fazer um post sobre a festa, pois poderá ser lido por alguém que queira visitar a Moita, nesta semana de festa, quem sabe???
Beijokinhas.

 
At 10/9/06 01:47, Anonymous Nan said...

então vou passá-lo :)

"olá, kalinka

pois, cá temos a estopada anual. percebo que, embora aches incómoda, até gostas dela...mas eu detesto, sempre detestei, embora seja de cá (oficialmente de lisboa, da freguesia de milhares de portugueses, de onde vim com oito dias de vida, mal o médico viu que eu era bem comportadinha...:) ).
detesto feiras, carrinhos de choque e quejandos e, principalmente, sou anti-tourada acérrima!
felizmente que, onde moro agora, só me chegam o som dos foguetes. quando morava no centro, acreditas que tinha, quase todos os anos, uma coluna de som mesmo por baixo da minha varanda? e depois, dormir, como é que era? desligavam o som às duas e tal e ás 8 da matina recomeçava...
a única coisa que me dizia algo, e ainda me diria se morasse onde morei, era ver a procissão. quando começava a passar a fanfarra dos bombeiros, aqueles tambores...era de arrepiar!
curiosamente, os meus filhotes também nunca fizeram questão em andar na festa...levava-os, às vezes, aos carrinhos e assim...mas não gostavam de estar lá muito tempo.

mas pronto, quem gosta, gosta...e a maioria dos moitenses ou quem habite neste concelho, e não só, até gosta. olha, diverte-te!

já vi o programa porque temo-lo sempre onde trabalho e confesso que, este ano, me apetecia ver os Blasted Mechanism e os Hands on Approach...veremos se, chegado o dia, estarei in the mood...

enquanto escrevia isto fui espiar o teu post das festas. devias cobrar por fazeres tão boa propaganda :)

(e tens um blog interessante)

"Real State", dizes no teu perfil. se calhar somos colegas, sem saber. havemos de ver isso...

beijinhos para ti

Posted by Nan | 10 September,2006 "

 
At 10/9/06 01:48, Blogger Léia said...

Agradeço a visita! E se ela lhe trouxe calma, volte sempre, entre! Não precisa bater.
Quando leio os posts, sobre Portugual, é como se ouvisse falar de um parente próximo,com intimidade. Meu avô veio daí com 18 anos e aqui fez a sua história, da qual faço parte e me dou o direito de ter um pé nesta terra e não muito distante terei os dois, andando pelas ruas de meus ancestrais.
Beijos!!!

 
At 10/9/06 02:11, Blogger pitanga said...

Sabes sempre quis ir a uma corrida de touros. Quam sabe um dia em que tu também aches mais piada a festa, também vamos juntas. As avós precoces! Não te importas que te chame por tu?
beijos

 
At 10/9/06 02:29, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Das festas todas que citas, sou absolutamente contra as que se valem de animais para deleite humano, mas enfim, Há CANIBAIS!!!

Vim te agradecer por tua presença e comentário e te dizer que, se estás passando por momentos difíceis, aproveite para relaxar e olhar somente para o lado bom da vida. para pessoas que de fato valem ter-se por perto e isso, saberemos muito bem detectarmos, se nos mantivermos atentos aos nossos instintos e intuições.

Obrigada um vez mais e um excelente domingo pra ti!!!

Beijo,
Cris

 
At 10/9/06 13:04, Blogger A.J.Faria said...

Olá, Kalinha!
Excelente divulgação do programa festivo. Espero que possas aproveitar o máximo possivel!
Bjs

 
At 10/9/06 16:27, Blogger pitanga said...

Quando acabar as festas vai ao Pitanga. Há lá um texto que acho que vais gostar.
beijos de domingo

 
At 10/9/06 17:21, Blogger SaltaPocinhas said...

então boa festa com muito bailarico!

 
At 10/9/06 17:48, Blogger José Manuel Dias said...

Grato pela informção. Vou registar na agenda ;-)
Bjs

 
At 10/9/06 18:14, Blogger Amaral said...

Do lado de fora, ficámos por dentro de tudo o que vai acontecer nessa festa "de arromba".
Por mim, gostaria de presenciar e admirar a "celebração dos marítimos", que deve constituir um magnífico espectáculo tradicional.
Como sempre, o teu relato faz-nos prever ao pormenor todo o entusiasmo que vai inundar a vila da Moita.

 
At 10/9/06 18:26, Blogger papagueno said...

Então boas festas. Quantos aos filmes estou exactamente com a mesma dúvida existencial para a minha folga, por isso sou capaz de ir ver os dois. Mas atendendo ao que eu conheço do Almodovar talvez recomende o VOLTAR.

 
At 10/9/06 18:30, Blogger peciscas said...

Fazes uma descrição muito completa e sugestiva das festas.
Mas, pelos vistos, já não gostas muito de estar por aí nestas alturas.
Compreendo-te perfeitamente.
Há por aí muitas celebrações que já me disseram bastante e que, actualmente, me despertam total indiferença.
Mas, como em tudo, vai quem gosta e se diverte.

 
At 10/9/06 18:46, Blogger A Cor do Mar said...

Ola Kalinga, agradeco a visita, vim aqui p/ ver qual era a festa e aprecio bastante as festas populares com tradições/cultura muito engraçadas, mas permite que lhe diga o seguinte: Abusar dos animais como os touros,(tenho um post sobre essa causa) e lançamento de foguetes deviam ser exterminados completamente.O primeiro sou 1000% pela defesa dos animais e no 2º caso já matarm muitas pessoas inocentes, pois considero perigoso qualquer tipo de FOGO.
De resto o blog esta muito giro, boa continuacao. Deixo um beijinho*

 
At 10/9/06 19:31, Blogger António Rosa said...

Isto é serviço pÚblico.

Obrigado pela visita, moçambicana.

Gostei de conhecer o teu canto. Voltarei, sem falta.

Um abraço

 
At 10/9/06 20:14, Blogger citadinokane said...

Kalinka,
É realmente, os blogs são excelentes para divulgar o que a grande mídia nem dá bola, as festas de Moita devem ser muito interessantes, vou ficar esperando pelas fotos...
Parabéns pelo André o novo netinho.
Irei linkar o teu blog lá no meu, ok?!
Um abraço,
Pedro

 
At 10/9/06 21:45, Blogger Mocho Falante said...

Querida Kalinka tu não me desgraces que eu sou doido por romarias e este verão tem sido cá um abuso....lool

pronto lá terei que ver o que vou fazer o próximo fim de semana

beijocas

 
At 10/9/06 22:56, Blogger mixtu said...

festa rija... sem dúvida...

vou tentar ir aqui do Mali para a moita, já agora porque é que se chama moita?

beijos europeus

 
At 29/9/06 10:54, Anonymous Anónimo said...

Tarde do Fogareiro, ou da ganancia?
eu infelizmente já não assistia ás festas da Moita há trinta anos, no entanto tive a possibilidade este ano e fiquei desiludido com algumas coisa que vi e ouvi por exemplo como esta:
tarde do Fogareiro comida com abundancia, alguns até assaram um porco inteiro, sim um porco não leitão, a carroça dos fadistas parou junto a um destes assadores,
uma panela cheia a transbordar da carne que o homen do assador ia cortando conforme o porco ia assando, um pobre diabo que estava ali a ouvir os fados lá lhe deu o cheiro ou a fome e tirou um bocadinho do tamanho de um polegar, logo diz um com a boca cheia que pertencia á sucia, é pá, isto é tudo nosso ou quê?
Desculpe, respondeu o outro, foi só um bocadinho!
não interessa, custa um euro.
o pobre envergonhado lá se foi embora.
Eu estava a ferver, só me apetecia era ir ás trombas áquele idiota, mas estava de férias e não me quis chatear.
Passado uns cinco minutos, o pobre torna a vir e entrega o euro ao gulipão, este a rir-se para os outros diz: é pá já ganhamos um euro, houve alguém que lhe disse, é pá dá lá o dinheiro ao homen.
O gulipão estende a mão, e diz: tome lá, só estava a brincar.
O pobre responde-lhe: não obrigado, eu fui pedir esse euro para pagar o que lhe tirei, e foi-se embora.
Eu fui atrás dele e disse-lhe: Amigo voçê é um grande homen, assim é que se faz, ao apertar-lhe a mão dei-lhe vinte Euros.
Viva a tarde do fogareiro!!!!

 
At 18/9/09 15:38, Blogger Feiras Com Toiros said...

VAMOS LÁ EMBORA PESSOAL HOJE HÁ NOITE NINGUÉM PODE FALTAR PARA MAIS UMA BOA LARGADA DE TOIROS NA RUA!
ATENÇÃO PORQUE HOJE ELES VÃO SER FIXES HÁ NOITE...

ABRAÇO PARA OS AFICIONADOS
BEIJOKAS PARA AS AFICIONADAS

E VAMOS AOS TOIROS TODA NOITE!!!

 

Enviar um comentário

<< Home