quarta-feira, janeiro 24, 2007

NOVA IORQUE (4)

(aqui está a «turista», a foto é maior mas hoje nada sai bem aqui no blog)
DOWNTOWN
O PONTAPÉ INICIAL DE NY
Vamos começar por onde a metrópole começou.
Foi bem no extremo sul da ilha que Manhattan floresceu.
As ruas do Financial District vielas de paralelepípedos, nos sobrados geminados (os brownstones) nas tavernas de vidros enfumaçados.
Como chegar?
Ora bem...tinha informações para fazer o percurso, mas não foi necessário porque o 1º hotel onde fiquei era mesmo neste distrito e eu ia a pé, na boa...
No sábado de manhã fui atravessar a Ponte de Brooklin a pé e de tarde fui apanhar a Linha Verde do metro na estação Wall Street. Fui até Little Italy, Chinatown e Soho. Que belo dia de sábado eu passei!!!
(foto tirada por mim)
Continuando pela Wall Street, dobrei à direita na Broad St. e passei diante da New York Stock Exchange, a bolsa de valores. O prédio, erguido em 1903, é o epicentro do mercado financeiro mundial. De volta a Broad St., não deixei de apreciar as fachadas antigas.
Outra cena que reparei: o passo frenético dos executivos, eles estão sempre com um copo de café na mão - é o bendito Starbucks de todo dia.
Continuando pela Whitehall St., na direcção norte, cheguei à célebre Brooklyn Bridge.
Para quem tem fôlego, um passeio interessante é caminhar na passarela da Brooklyn Bridge até aos pilares principais. Mas eu tive fôlego para isso e muito mais... senti-me verdadeiramente nova-iorquina naquela manhã de sábado, ali caminhando por entre muitos residentes que iam fazer o seu jogging matinal, outros iam passear o cão e outros iam de bicicleta.
As placas informativas contam a história da ponte.
No mínimo, a caminhada vale pelo panorama.
A vista do skyline de Manhattan é fabulosa.
Fui almoçar a Little Italy e depois de almoço atravessei os bairros étnicos de Chinatown e Little Italy. O movimento nas ruas e a brusca mudança de cenário de um bairro para outro são impressionantes. Ali se vende de tudo. Enfim, uma inebriante mistura cultural que só se acha na Big Apple.

Os letreiros dos cafés de Little Italy são históricos, mas os restaurantes têm sotaque mexicano. O bairro seguinte é o glamouroso SoHo.
Não é de estranhar as fachadas de ferro fundido. moda em acessórios, livros e artesanato. Apesar das excentricidades, a região é famosa pelas lojas de grife. Entre outras, estão ali a Prada e o show-room da Apple.

25 Comments:

At 25/1/07 14:09, Blogger Pierrot said...

Que maravilha
Rica bidinha ãh
Curte muito e bjos daqui
Eugénio

 
At 25/1/07 14:18, Blogger augustoM said...

Realmente não há gostos iguais por isso também somos todos diferentes.
Estou a organizar a animação do jantar e já tenho diversos "artistas", gostaria que também fizesse parte do elenco. Um poema, um texto sobre NY por exemplo, juro que iria ouvir com muita atençao, ainda que não goste de americanos.
Até sábado. Augusto

 
At 25/1/07 18:21, Blogger poetaeusou said...

Há uma Estrela.
Em New York.
Cintilante, Genial.
Empire State, Gritou.
É o sol de Portugal.
lálálálálá
xinos e dlrs.

 
At 25/1/07 20:02, Blogger Paula Raposo said...

Continuo a gostar desta tua visita guiada...beijinhos.

 
At 25/1/07 20:36, Blogger Alexandre said...

Uau, verdadeira turista!!!!

New York, New York,

I wanna wake up in that city
who never sleeps....

Acho que é assim, o meu inglês....

 
At 25/1/07 20:50, Blogger Era uma vez um Girassol said...

Que rico passeio por NY, hein? Andei contigo também, quase já conheço os lugares...!!!
Obrigada pelas fotos e relatos desta cidade que é fantástica e que gostava de visitar e conhecer.
Beijinhos

 
At 25/1/07 23:40, Blogger Pontos_nos_psis said...

Vê-se que gostaste MESMO de NY. Eu também adorei e desejo lá voltar. bjs

 
At 25/1/07 23:43, Blogger Peter said...

Tomei a liberdade de te colocar nos n/links. Estou fazendo c&p dos teus textos que me irão ser preciosos.

 
At 26/1/07 00:37, Blogger José Alberto Mostardinha said...

Viva Kalinka:

Paisagens magníficas sem dúvida.
Agora imagina só misturares aqui umas imagens do campo de refugiados do Darfur.
Era capaz de fazer sentido.
È que é exactamente por existirem aqueles prédios ao fundo que ele existe.
Passa um óptimo fim de semana.
Um abraço,

 
At 26/1/07 12:34, Blogger Andreia do Flautim said...

Que fixe, estudei a ponte de Brooklyn em literatura norte-americana.

 
At 26/1/07 13:32, Blogger david santos said...

Olá!
Ah, Kalinca! Que lindas paisagens.
Bom fim-de-semana.

 
At 26/1/07 16:02, Blogger Miguel said...

Grande Turista ...!

Um BOM FDS!
Bjks da Matilde e Cª!

PS: Vou dedicar alguma tempo para tentar resolver o problema do meu blog!

 
At 26/1/07 17:57, Anonymous kalinka said...

As viagens separam-nos do passado.
Se apenas viajássemos como grous,
sem reconhecer as nações debaixo da quilha do nosso esterno,se não trocássemos os idiomas e as unhas
com os habitantes das novas geografias,seríamos nós. Porque o idioma é fechado e insondável em cada criatura,porque cada nação é o berço de uma língua e os meus poemas noutra língua não são meus.
Quando viajamos no mundo não sabemos quem fomos.
Fiama Hasse Pais Brandão (1938 - 2007)in "Cenas Vivas", 2000

Fixei: Quando viajamos no Mundo não sabemos quem fomos!!!
Beijos e abraços.
Bom fim de semana.

 
At 26/1/07 18:48, Blogger peciscas said...

Não há dúvida de que, contigo, NY fica mais perto!

 
At 26/1/07 19:29, Anonymous J.Soares said...

Olá Kalinka
V/ está uma verdeira repórter. Estou a gostar de ver e ler. Acho que deve continuar apesar da "inveja" que estas viagens fazem a quem nunca teve possibilidades de lá ir.
Espero continuar a contar com a sua companhia em próximas viagens. Para mim, viajar também é uma opção de vida.
Um beijo e bom fim de semana.

 
At 26/1/07 19:45, Anonymous bu said...

mais uma "viagem" por ny, eu gostei, e tantas coisas que não sabia. obrigada pelas viagens e pelas coisas que não sabia, vale sempre apensa saber e conheçer mais sobre outros lugares.
beijo*

 
At 26/1/07 21:56, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Oi Kalinka,
Vou lhe dizer, acho que sou a UNICA pessoa que nao gostou de N.York. Na verdade, quando fui, eu ainda morava no Brasil (e nao aqui), e estava um
frio do caoooo, saimos a noite, e nem casaco, luva, gorro, ou sei la o que fosse, conseguia nos esquentar. Passei um frio miseravel. Meu marido
me mostrando tudo, e eu queria mais chegar em casa e enfiar a mao num balde de agua quente (rs). Mas sem duvida, eh muito bonito. Eu eh que
conheci numa hora errada.
beijos
MARY

 
At 27/1/07 05:14, Anonymous Jofre Alves said...

Passei para ver os amigos, apreciar o blogue, sempre com bom-gosto e qualidade, factor que me leva a visitá-lo para deixar o desejo dum óptimo fim-de-semana, apesar deste frio que enregela, mas como diz o povo «mãos frias, coração quente».

 
At 27/1/07 22:54, Blogger Pé de Salsa said...

Olá Kalinka,

Está a ser muito bom e útil para mim acompanhar-te nesta tua bela viagem.
Não sei como consegues descrever-nos tudo com tantos pormenores. Tens um magnífico "olhar". Só pode ser!
Continuação de uma boa viagem.
Beijo.

 
At 28/1/07 12:07, Blogger Rosa Silvestre said...

Que bela viagem e bem descrita até aos pormenores, gostei de passar por aqui!Voltarei!Obrigado pela visita ao meu cantinho!Abraço!

 
At 28/1/07 17:14, Blogger perplexo said...

Obrigado pelo teu comentário no meu blog, Kalinka. Em relação às fotos da Wind, procura na barra lateral até encontrares o link do outro blog dela - o Words, e clica.
Abraço

 
At 28/1/07 20:12, Blogger A Sonhadora said...

Olá, eu também gostei de estar contigo...
logo que me seja possivel, vou postar as fotos que tirei, e cada um poderá tirar as que quiser, tá bem?
Beijão da sonhadora

 
At 28/1/07 20:13, Anonymous Anónimo said...

Olá Kalinka. Obrigada pela boleia ontem para o jantar. Em relação ao teu comentário, nunca é tarde para realizar um sonho; a idade só pesa em nós se nós dermos demasiada importância a ela. Eu nem sequer pensei se tínhamos grande ou pequena diferença de idades. Apenas gostei de te conhecer. beijos susana

 
At 28/1/07 22:28, Blogger Alien David Sousa said...

Nem sabes as saudades com que fico de cada vez que leio textos ou vejo imagens sobre Nova Iorque.
beijos alienígenas

 
At 30/1/07 21:48, Blogger Conceição Bernardino said...

Olá,
Queria dizer que os meus blogs sumiram por isso resolvi fazer um novo,
Onde constam todos os meus temas, tanto poesia como prosa e textos vários...
Obrigada e peço-vos desculpa pelo transtorno
Estou a faze-lo conforme posso, não me esqueci de ninguém
Beijinhos
Conceição Bernardino

Meu novo blog- http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Que posso eu dizer se os meus olhos não falam!
Transmitem emoções, a essa beleza inconfundível
Que as palavras me transmitem
Aqui estou eu para te dar o meu gesto de carinho
Soberbo...

 

Enviar um comentário

<< Home