quarta-feira, agosto 01, 2007

ESCUTISMO - 100 ANOS

Quem me visita e lê...tomou conhecimento da minha ausência do blog, porque fui de férias.
Cheguei, mas... neste dia especial não poderia deixar de fazer aqui uma homenagem ao 100º aniversário do ESCUTISMO.
Só eu sei o quanto foi importante na minha vida, a minha experiência no Escutismo, ainda em África, onde nasci e cresci rodeada dos melhores valores do Mundo.
Hoje, já afastada da vida de escuteira, relembro aqui o que é ser escuteiro/a.

A organização Mundial do Escutismo convidou todos os actuais e ex-escuteiros a renovarem a sua Promessa de escuteiro às 8h do dia 1 de Agosto de 2007, numa cerimónia pública, na comunidade, numa praça, num local visível. Em simultâneo com Idanha-a-nova, Brownsea e Hyllands Park (Inglaterra). Lamento não ter tido conhecimento, pois quem sabe - iria mesmo fazer a renovação da Promessa, pois sou ex-escuteira.

Como escuteiro, o seu filho vai aprender a conhecer-se melhor e a amar o mundo.

O Escutismo complementa a acção da escola e da família, preenchendo necessidades específicas dos jovens de ambos os sexos.
O escuteiro desenvolve o conhecimento individual, a necessidade de explorar para descobrir, para saber.
Como escuteiro o seu filho pode brincar aprendendo.
Através de programas adequadas aos vários escalões etários, o Escutismo consegue os seus fins de forma a ajudar os jovens a desenvolverem-se fisica, intelectual, social e espiritualmente.
O Escutismo proporciona aos jovens uma educação global, de modo a prepará-los para serem cidadãos participativos e responsáveis nas suas comunidades.
O CNE é uma associação de juventude sem fins lucrativos, não-política, e não-governamental, destinada à formação integral de jovens, com base no método criado por Baden-Powell e no voluntariado dos seus membros.
O Método Escutista, sistema de auto-educação progressiva.
As crianças e jovens fazem um compromisso pessoal de adesão a um simples código de vida: A Promessa e a Lei do Escuteiro.
Aprendem fazendo em activa participação com os outros.
Trabalham em grupos pequenos. O Sistema de Patrulhas, onde cada jovem assume uma função como uma "micro-sociedade" onde todos são chamados a participar. Nestes pequenos grupos (5-8 elementos) os jovens desenvolvem a liderança, as habilidades do grupo e a responsabilidade individual.
O Desenvolvimento do Carácter.
Ser capaz de escolhas autónomas e responsáveis, de as assumir até às últimas consequências.
O Desenvolvimento da Criatividade.
Aprender a produzir o que se consome, resistir à alienação, ao consumo.
O Desenvolvimento do Sentido dos outros.
Respeitar o seu semelhante, aprender a viver em comunidade, em Democracia.
O Desenvolvimento Físico.
Tornar-se responsável pelo seu corpo, crescendo e vivendo em harmonia.
O Desenvolvimento do Sentido de Deus.
Reconhecer Deus na obra da Criação, na história vivida em comum.
A Missão do Escutismo.
A missão do Escutismo consiste em contribuir para a educação dos jovens, partindo de um sistema de valores enunciados na Lei e na Promessa escutistas, ajudando a construir um mundo melhor, em que as pessoas se sintam plenamente realizadas como indivíduos e desempenhem um papel construtivo na sociedade.
Em 1919, quando o primeiro Curso de Formação de Chefes em Gilwell chegou ao fim, Baden-Powell ofereceu a cada participante uma simples conta de madeira retirada do colar de um Chefe Zulu, que tinha trazido de África. Nos anos que se seguiram, estas contas haveriam de dar o nome a este Curso. A
Página da Insígnia de Madeira mostra o seu programa nos Boy Scouts of America.
Baden-Powell viajou por todo o lado. Ele adorava o caminho livre e tinha um sentido apurado para a aventura. No seu livro, As Mil e uma Actividades para Escuteiros, ele diz "Quero que todo o Escuteiro seja feliz, e uma das melhores maneiras que conheço de nos sentirmos felizes é sair para um passeio de bicicleta". Em De Bicicleta na Bósnia ele dá uma imagem fascinante daquela terra destruida pela guerra, antes das duas Guerras Mundiais.

No Verão de 1907 acampou em Brownsea um grupo de rapazes com Baden-Powell e viveram uma inesquecível aventura.
AH...já descobriram agora, porque existe em mim, este ESPÍRITO AVENTUREIRO...???

Etiquetas:

27 Comments:

At 2/8/07 01:35, Blogger MEU DOCE AMOR said...

Bonita homenagem aos escuteiros.E profundos principios.

É bom para as crianças...contacto com a Mãe Terra

Beijinho doce

 
At 2/8/07 01:45, Blogger Menina do Rio said...

Pois...só hoje vi que voltastes!
Bem vinda Escoteira! Como vós dizeis ai, bem haja!

Beijinhos

 
At 2/8/07 01:53, Blogger Mário Margaride said...

Olá Kalinka,

O escutismo, foi e será sempre, uma actividade saudável.

Pena é, que hoje em dia seja aproveitada para outros fins, que não o da vida ao ar livre, e o desfrutar da Natureza.

Beijinhos

 
At 2/8/07 02:06, Blogger Ana said...

Bem regressada com um texto oportuno sobre o escutismo. Fiquei a saber mais sobre esta actividade.
Deixo-te um beijo... e fico à espera das fotos e relatos da viagem.

 
At 2/8/07 11:29, Blogger Lusófona said...

Olá Querida! Ainda bem que estás de volta :)

Eu não fui escuteira, tenho pena, parece que aprendemos grandes lições de vida.

Adorei o post!

Um doce beijo amiga

 
At 2/8/07 11:38, Blogger Andreia do Flautim said...

Foste escuteira?

 
At 2/8/07 13:53, Blogger Paula Raposo said...

Nunca fui escuteira. Gostei de ler. Obrigada pela tua visita. Beijos.

 
At 2/8/07 14:41, Blogger Vieira Calado said...

Tenho uma sobrinha, já engenheira e que continua a ser escuteira.

 
At 2/8/07 22:47, Blogger Alexandre said...

Excelente regresso!!!

Excelente post. Sempre fui um admirador do escutismo desde que lia aqueles do Tio Patinhas e as histórias dos sobrinhos do Donald.

NUnca fui escuteiro mas hoje sinto que me falta essa vertente, importantíssima na vida dos nossos rapazes e raparigas de agora!!!

Muitos beijinhos!!!

 
At 2/8/07 23:23, Blogger Thunder said...

Quando era pequena queria muito ser escuteira, mas não tive oportunidade.
Bjos.


Visita:

http://thunder-sopadepedra.blogspot.com/

 
At 3/8/07 01:39, Blogger Pitanga said...

Mas isto é que é a mulher dos "sete instrumentos". Tás em todas ó menina!

beijinhos

 
At 3/8/07 06:50, Blogger Mãe e filho said...

oi prima que bom que ja voltaste. Fico feliz. Quanto ao teu post gostei imenso do que falas sobre a arte de ser scuteiro. Sempre achei uma excelente actividade o escuteirismo, e mesmo apreciando e tendo vontade de experimentar, nunca o fiz, mas aprecio muito. Deve ser muito bom, poder conviver e ao mesmo tempo conhecer a nossa natureza etc. Bjs e vamos falando.

 
At 3/8/07 07:04, Blogger Sophiamar said...

Também fui escuteira! Quantas saudades!E aprendi tanta coisa boa que jamais esquecerei!
Excelente post.

 
At 3/8/07 12:30, Blogger foryou said...

Também fui escuteira durante muitos anos :) que belas recordações ficaram :)


beijo

 
At 3/8/07 14:25, Blogger Menina_marota said...

Lindíssima homenagem aos escuteiros! Sabes que também fui? Duarnte 3 anos, mas depois os meus Pais tiveram que viajar e com grande pena e amargura minha, deixei o escutismo para trás... Gostei de te ler.

Beijo e bom fim de semana ;))

 
At 3/8/07 14:56, Blogger veritas said...

Já percebi, alma de escuteira. Os meus primos também foram. Relembram esses tempos com muitas saudades. Ainda bem que estás de volta. É muito bom passar por aqui, é-se sempre bem recebido.

Bjs. Boa semana.

 
At 3/8/07 15:02, Blogger AnaG. said...

Gostei de saber que estavas de volta.

Bonita homenagem ao escuteiros.
Também fui escuteira e recordo com saudade alguns momentos.

Espero que nos contes como foi a tua viagem.

Bom fim-de-semana

Beijinhos

 
At 3/8/07 15:44, Blogger maresia_mar said...

olá kida
e temos mais isto em comum o escutismo, o meu filho é escuteiro desde lobito e já é caminheiro, estou ligada muito ao movimento, encontros, actividades e adoro.. Bjhs e bom fds

 
At 3/8/07 16:34, Blogger suruka said...

Olá KALINKA
querida irmã ESCUTA.

Ora então temos muito em comum.
Voltarei concerteza. Para te conhecer melhor.

Um beijinho e Bom f. de semana

 
At 3/8/07 16:41, Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Kalinka, boa tarde!
Nunca fui escuteira, mas vivi de perto algumas coisas ao Escutismo ligadas, por causa do meu filho.
Gosto muito do Movimento, muito mesmo, ainda tenho por lá Bons Amigos e dou-lhe os meus Parabéns, porque acho que neste seu Post lhes faz uma Bela Homenagem.
Um beijo e votos de bom fim de semana.

Maria Mamede

 
At 3/8/07 16:50, Blogger suruka said...

Voltei para rectificar o Nome,
perdao Kaliynka, assim � que �.

Olha estive no Nacional de 1973 " Mata dos Marrazes " em Leiria. L� conheci e convivi com muitos jovens escuteiros de Setubal.

Naturalmente tambem estiveste l�.

Uma canhota escutista

 
At 3/8/07 17:39, Blogger ShinningMoon said...

Voltaste!!! Só agora vi...
Então, as férias foram curtinhas..., mas boas?
Eu conheço, ou melhor, conhecia muito pouco sobre o escutismo, porque, como sempre, tu fazes aqui uma bela exposição sobre diversos assuntos.
Bom fim de semana.
Bjitos

 
At 4/8/07 02:15, Anonymous naenorocha@hotmail.com said...

Antes de tudo, obrigado por passares no meu blog. Eu não sou dado à viagens, tenho medo de andar só. Mas todos os lugares do mundo me fascinam. Montreal, quem sabe, lá eu encontre o que procuro. E quem sabe, ainda, eu um dia possa visitá-la.
Um beijo
Naeno

 
At 6/8/07 07:44, Blogger Funes, o memorioso said...

"Quero que todo o Escuteiro seja feliz, e uma das melhores maneiras que conheço de nos sentirmos felizes é sair para um passeio de bicicleta".

É nestas palavras que se revela todo o odioso do escutismo e o seu carácter detestável. Para lá de todas as suas boas e piedosas intenções, Baden-Powel e os seus seguidores não conseguem libertar-se da ideia peregrina de quererem obrigar os outros a ser felizes e de terem a pretensão de saber em que é que consiste a felicidade alheia.

 
At 7/8/07 09:31, Anonymous Anónimo said...

^
'
'
'
'

Tenho um filho, já Advogado, que continua a ser escuteiro...

 
At 8/8/07 12:27, Blogger Rosario Andrade said...

Não partilho essa admiração pelos escuteiros. Confesso que fui duas ou tres vezes com os meus primos e aquilo tudo pareceu-me muito estranho, com muitas aves raras suspeitas a oscultar as criancinhas, com uma competição doentia e uma hierarquia extremamente entediante. Tenho um espirito rebelde e que gosta de abordar os problemas de maneiras originais, não me adapto facilmente a ser comandada. Dei-me conta mesmo sendo adolescente e optei antes por cultivar o espirito enquanto os meus primos continuaram a ir durante um ou dois anos. Também não se demoraram por lá... Se um dia tiver crianças essa será uma das actividades que vetarei se algum dia tiverem a infeliz ideia de pensar em escolher (de qualquer maneira, o meu espirito rebelde é genético... espero!).
Bjicos

 
At 5/5/08 07:45, Blogger Marília Mix said...

Tambem renovei a minha promessa no dia 1 de agosto de 2007 em londres e sei como e gratificante ser escuteiro adoro o ser e amo muito o movimento. Marilia Mixinge Caminheira do agrup. 1 Luanda-Angola

 

Enviar um comentário

<< Home