quarta-feira, agosto 08, 2007

Tristeza...como dói

Amigas e Amigos
Peço desculpa pelo desabafo mas...é isto que eu considero «partilha de emoções» com vocês, que fazem parte do meu Mundo, seja virtual ou real.

Faço uma pausa na foto-reportagem das minhas férias no Canadá, porque...

Estou triste, muito mesmo.

Faz-me falta a presença dos meus netos, podem chamar-me piegas, se isso é ser piegas, então eu sou.

Mas, eu pensava que, regressando ao trabalho, andava mais distraída e esqueceria a ausência deles; nada disso, hoje ouvi a minha neta ao telemóvel e ela dizia-me:

Tu és a minha «pequena-sereia»!!!

Quem resiste a estas doces palavras, a este piropo, a este miminho?

Respondi-lhe:

"Ai sou a tua pequena-sereia? e tu és o meu «algodão doce»!!!

Quero muito dar umas dentadas nesse algodão doce."

Pois é, descobri há uns meses que ela adora algodão-doce e eu, que já não comia disso há décadas, fui «obrigada» a dar umas dentadas.

Estou há 17 dias sem os ver, para mim é demais.




Deixo-vos uma poesia de alguém que adoro ler - a poetisa das emoções:


A hora da partida soa quando

Escurece o jardim e o vento passa,

Estala o chão e as portas batem, quando

A noite cada nó em si deslaça.

A hora da partida soa quando

as árvores parecem inspiradas

Como se tudo nelas germinasse.

Soa quando no fundo dos espelhos

Me é estranha e longínqua a minha face

E de mim se desprende a minha vida.


Sophia de Mello Breyner Andresen

Etiquetas:

40 Comments:

At 8/8/07 03:12, Blogger ANTONIO DELGADO said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 8/8/07 03:13, Blogger ANTONIO DELGADO said...

Gostei muito deste partilhar de emoções e de facto é muito bonito aquilo que conta e traz-me à memória a minha avó materna.

Um abraço
Antonio

 
At 8/8/07 03:50, Blogger Mãe e filho said...

Oh prima, não fiques triste. Hoje não stás com eles mas logo, logo voltas a ficar com eles. Sem que nada nos anima quando sentimos aquela dor da saudade. Cada dia que penso em quando começar a trabalhar e terei d largar o Kevin, já sinto aquele aperto no meu coração. Mas olha pensa em quando estiveres com eles vais curtir eles muito. A tua netinha deve estar linda demais. E o teu neto tb está quase a fazer 1 aninho. O tempo passa a correr. Anima-te. Bjs

 
At 8/8/07 14:04, Blogger irneh said...

Olá amiga!
Obrigada pela tua visita. Não estejas triste. Os teus netinhos estão longe de ti mas podes ouvir-lhes a voz! É só teres paciência. Deve ser uma tentação estar com esses docinhos, mas a vida assim dita.

Beijinhos

 
At 8/8/07 15:06, Blogger GarçaReal said...

Quando a hora da chegada chegar e os netos correrem para teus braços...Esquecerás estes momentos de
trisreza e saudade.Tudo será recompensado com um doce beijo.

Belo o poema da Sofia.



bjgrande

 
At 8/8/07 15:19, Blogger melga meiguinha said...

Não esteja triste.
Logo, logo eles aí estão com os seus abraços cheios de ternura.
Também sinto a falta, não dos netos que não tenho, mas da minha filhota mais querida.

Beijocas.

 
At 8/8/07 15:20, Blogger efeneto said...

...Olá amiga, obrigado pela sua visita e chego aqui e vejo-a triste mas uma tristeza compreensivel. Faço minhas as palavras da nossa amiga "garçarel" e brevemento teremos a "kalinka" no seu melhor...beijo de amizade.

 
At 8/8/07 16:06, Blogger papagueno said...

é compreensível a tua tristeza. A separação custa mas aumenta o prazer do reencontro.
Beijinhos e espero que mates saudades dos teus pequenitos em breve.

 
At 8/8/07 16:23, Blogger pessoa nenhuma said...

a esperança de amanha não te encontrares triste quando os abraçares dever-te-ia trazer já um sorriso hoje...espero que depois de leres estas palavras dos teus amigos que te leem e te deram apoio fiques desde logo melhor.
sorri para a vida, mesmo que ela hoje não te sorria..porque amanha sorrirá....
obrigado pela visita.
continua com a abertura dos teus desabafos..porque ajuda a ficares bem melhor...
smile :)

 
At 8/8/07 16:23, Blogger Menina do Rio said...

A hora da partida é quando escurece em nós...
Linda essa tua emoção de vó!!

Beijos

 
At 8/8/07 17:39, Blogger Leticia Gabian said...

Kalinka,
Sei bem como é a tristeza da ausência... Mas, tens de dar segmento à tua vida, amiga. Infelizmente, é assim a vida... Cheia de encontros e partidas.
Enche a tua alma e aquece o teu coração.
Fica bem.
Beijinhos

 
At 8/8/07 18:15, Blogger asn said...

Já que estamos numa de partilhar emoções, transcrevo a minha reacção ao comentário que deixaste no meu blogue (naquele post em que mostro a capa do livro de Mia Couto, "estórias abensonhadas":
"Kanimambo, Kalinka
Tenho acompanhado as tuas reportagens de viagens, qual free-lancer jornalista, do melhor que há.
Nampula, Moçambique, 1969-1971, jamais poderei esquecer este período da minha vida.
Como já aqui deixei dito - se bem me lembro - também andei por Lourenço Marques (Maputo), Beira e Moçâmedes, estas duas últimas só nas aterragens e a levantar voo naqueles "Friendship" a hélices que pareciam jactos verdadeiros.
A minha filha Inês lá nasceu, hoje tem 37 anos e tal... Chiii pátrão!...
Como é que se pode não gostar do estilo e modo de escrever de Mia Couto?
Bj"
-
E agora, depois de partilhar este texto abensonhado sobre os netos, devo confessar que esse sentimento também tenho o privilégio de o viver intensamente. Até aqui com os filhos da Inês (12 e 8 anos) e, de há 4 meses a esta parte, com a Carolina do Bruno e da Ana.
Esta altura do ano é muito boa sempre que temos oportunidade de os acompanhar em férias. Uma maravilha!
Bjinho
António

 
At 8/8/07 18:16, Blogger Um Momento said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 8/8/07 18:19, Blogger Um Momento said...

Deixo um abraço forte...
Quando os voltares a ver...toda essa saudade
se trasformará em felicidade

Beijinho
(*)

 
At 8/8/07 20:43, Blogger Ana Patudos said...

Amiga, não fiques assim.
Vais ver que o tempo passa a correr e daqui a pouco o teu algodão doce está aí para te dar muitos beijinhos.
Vá lá, secas as lágrimas e põe um sorriso lindo, vais ver que a bonequinha ficará mais feliz com a vóvó.
bjo
ANA PAULA

 
At 8/8/07 20:52, Blogger gasolina said...

Pensa só na festa que vai ser quande se abraçarem!!!

Olha! Prepara-lhes uma surpresa!
Ocupas-te a ti e redobras a felicidade do reencontro!

E sorri! Sorri muito!

Deixo beijinhos e cóceguinhas que é coisa de menina pequenina!

 
At 9/8/07 09:50, Blogger Entre linhas said...

compreendo muito bem ese sentimento tão imenso de saudade,também tenho o mesmo dilema.
Muitas dentadinhas no "algodão doce"
Bjs Zita

 
At 9/8/07 15:30, Blogger olho_azul said...

Saudade, essa palavra tão portuguesa!!!!

Obrigada pela visita ao meu cantinho.

Beijos

 
At 9/8/07 20:27, Blogger astuto said...

Não vale apenas estares assim, não tarda nada e todos estarão em teu redor! Força, felicidades!

Cumprimentos.

PS: Sophia sempre!!

 
At 9/8/07 20:40, Blogger Josse said...

Tão logo abrirá os braços a receber de volta o calor e o amor de cada um. Saudade é sempre saudade mesmo. Porém, é muito bom sentir este amor especial.
Fica triste não.
Bjs

 
At 9/8/07 21:34, Blogger Lia said...

O meu avô sempre disse que os avós eram pais duas vezes, por isso é natural que as saudades também dupliquem...

Mas a hora do reencontro está para breve...

Um beijo

 
At 9/8/07 22:42, Blogger AnaG. said...

Não estejas triste...
Vais ver que o reencontro vai ser em breve e tudo será diferente.

Sem quereres dás a entender, quando falas com ela, a tua tristeza e ela ficará triste também.

Não te esqueças de sorrir...
:)

Beijinhos

 
At 9/8/07 22:59, Anonymous Luisa said...

Primeiro muito obrigada pela tua visita. Aproveitei vir aqui e encontrei a tua descrição da viagem ao Canadá. Apeteceu-me logo lá ir também...
Quanto às saudades dos teus Netos, é sempre assim quando a Família se separa. Mas ver-se-ão em breve, não?
Queria também dizer-te que o endereço que deixaste no meu blog, leva-nos a um teu antigo e não a este. Falha do sistema?

 
At 10/8/07 12:20, Blogger aflores said...

Ainda não tenho netos....mas imagino como te estás a sentir.

Bom fim de semana

;)

 
At 10/8/07 14:28, Blogger efeneto said...

“Um dia decidi ser rico…
Procurei ouro em mil rios do mundo
Mas …não resultou!
Plantei mil hectares de notas
E nada cresceu…
Esburaquei meio planeta à procura de petróleo…
E nada encontrei!!!
Quando estava prestes a desistir…
Lembrei-me que tinha já em minha posse
A maior riqueza do mundo!
A tua …
…AMIZADE!”

Bom fim-de-semana amigo(a)...

 
At 10/8/07 15:29, Blogger Girassol said...

Estar longe daqueles que se ama é sempre complicado, e as saudades tornam-se inevitáveis.
Mas, o importante é guardar os momentos e palavras boas, pois são eles que dão sabor de algodão doce à nossa vida. =)

Beijinhos.

 
At 10/8/07 18:23, Blogger A COR DO MAR said...

Kalinka
...17 anos são tantos anos.....~

FORÇA

b f semana

Beijinho*

 
At 10/8/07 19:36, Blogger peciscas said...

Estou acabrunhado, pela notícia da perda da companheira do amigo Eduardo do "bloguices":

http://www.edynet.blogspot.com/

A Nela partiu mas ficou o sorriso que um dia me enviou, numa foto que agora recordo, com uma emoção emudecida e respeitosa.
É. também, nestes momentos tristes, que a solidariedade virtual, pode amenizar um pouco o sentimento de perda que um amigo está, neste momento, a viver.

 
At 10/8/07 22:14, Blogger gasolina said...

Minha Querida,

Vim só ver como vai esse ânimo!

Deixo umas beijocas e um abraço apertado para este fim de semana!

 
At 10/8/07 23:36, Blogger sonhadora said...

Cheguei.
Deixo-te beijinhos embrulhados em abraços

 
At 11/8/07 01:09, Blogger antónio paiva said...

.........

logo logo voltam!!!

Beijinho e noite serena

 
At 11/8/07 11:56, Blogger Luís Galego said...

saudade não é defeito, mas que por vezes doi e muito, é verdade. Pelos vistos é o preço que temos por amar...

 
At 11/8/07 12:34, Blogger Poemas e Cotidiano said...

Kalinka querida!
Me desculpe a ausencia dos comentarios no seu Blog. E das minhas visitas. Minha filha esta indo para a Universidade, e ultimamente tem sido tao dificil "escolher" o que vou fazer primeiro...sabe como eh?
Fiquei emocionada com a sua historia de seus netos. Que coisa mais doce! Que lindo poder comer algodao doce, e curtir a vida desse jeito...com um neto!
Emocionou-me! O bom minha amiga querida eh que eles estao vivos, e que amam voce!
Beijos com carinho da
MARY

 
At 11/8/07 13:00, Blogger Paula Raposo said...

Compreendo-te perfeitamente, embora eu já tenha aprendido a conviver com a ausência dos meus 6 netos! Nenhum está em Portugal há muitos anos. Bom fim de semana e beijinhos.

 
At 11/8/07 14:20, Blogger Cristina said...

Ainda não avó, mas sinto isso tantas vezes sendo só mãe...

Não fiques assim, daqui a alguns dias os verás
:0

beijinhu

 
At 11/8/07 17:17, Blogger GarçaReal said...

Vim ver se estavas mais animada...

bjgrande

 
At 11/8/07 21:26, Blogger Flôr said...

Eu sei como se fica...

Quando os meus filhotes vão de férias para o pai... eu "morro" de saudades deles!!! vegeto... diâmbulo pela casa....


Mas fico feliz por eles, pois sei que estão bem e felizes e isso faz-me superar as imensas saudades que sinto com a ausência dos meus principes...

Como eu te compreendo minha amiga... mas eles estão bem e isso é o que interessa...

Fica bem e que Deus te abençõe


Flor

 
At 12/8/07 21:40, Blogger Célia Marina said...

Saudade palavra que sómente no dicionário português encontramos.
Estou por perto, se precisares de alguma coisa....Call me...

beijocas

 
At 13/8/07 12:10, Blogger Elfo said...

Kalinka, não sei o que se passa contigo mas costumo poder ajudar em casos que mais ninguém pode. Liga-me para o e-mail:
elfoverde@portugalmail.com

Gostaria de tentar ajudar.
Boas melhoras e óptima recuperação.

 
At 13/8/07 14:59, Blogger Lusófona said...

Oi Kalinka!!

Pareces a minha mãe com a minha sobrinha =)

Isto não é ser piegas, é amor puro... os filhos crescem e vão fazer a vida formam família e a vida continua... Tens de ser forte para aproveitar cada segundo quando vocês se reencontrarem...

Beijos para o avó babada e linda

 

Enviar um comentário

<< Home