quarta-feira, novembro 21, 2007

Letra I

INVERNO – uma das estações do ano, por acaso aquela que gosto menos; no entanto, se puder ir de férias a um lugar bem frio, gostaria de presenciar um verdadeiro nevão, mas…só de férias e depois fugia para onde houvesse mais calorzinho
INSUPORTÁVEL – certas situações da minha Vida…
INESQUECÍVEL – momentos bons que passei na minha Vida.
ISTAMBUL – cidade que gostaria de visitar, pela provável visita à tão falada e conhecida «Mesquita Azul»; no entanto, alguém que conheci nesta minha viagem ao Egipto disse-me que ao visitar uma mesquita que lá havia, era tal e qual a «mesquita azul», por isso…enquanto me lembrar dos infortúnios desta minha viagem…não irei a Istambul.
INHAMBANE - Inhambane é a cidade capital da província
moçambicana do mesmo nome. Administrativamente, a cidade é um município, com um governo local eleito. Tem cerca de 77 mil habitantes. Foi elevada à categoria de cidade em 12 de Agosto de 1956. A cidade de Inhambane está localizada numa península que limita a oeste a baía de Inhambane, na margem ocidental da qual se encontra a cidade da Maxixe. A margem oriental da península é uma extensa costa de praias no Oceano Índico, que são destino turístico preferencial de muitos moçambicanos e estrangeiros. Inhambane foi fundada por mercadores suaíles, tendo sido visitada pelos portugueses pela primeira vez em 1498, os quais construíram uma feitoria fortificada em 1546, mas apenas foi definitivamente ocupada por Portugal em 1731. Em 1763 recebeu o estatuto de vila e sede de concelho. Foi atacada por franceses e holandeses, tendo sido saqueada em 1796 por piratas franceses da ilha da Reunião.
(foto:Imhambane)
ÍNDICE – é geralmente através do índice que procuro o que me interessa.
INFÂNCIA – a minha foi maravilhosa, cresci em África – Moçambique, rodeada de familiares, com muito carinho e atenção, éramos todos muito unidos. É obrigação dos adultos proporcionar às crianças tudo do melhor na sua infância, eu não me queixo.
INVEJA - A inveja não é querer o que o outro tem (isso é a cobiça), mas querer que ele não tenha, é essa a grande tragédia do invejoso. A inveja no seu estado mais puro é sempre destrutiva. Se for boa deixa de ser inveja e passa a ser outra coisa.
INGLÊS – língua que sempre admirei e tenho alguma facilidade em me expressar, talvez a influência com a Rodésia perto de onde eu vivia; já em adulta fiz um curso de 4 anos nocturno, para aperfeiçoar os meus conhecimentos adquiridos na escola.
INGLATERRA – já visitei por duas vezes; a 2ª viagem foi no ano passado e incluiu uma ida à Escócia, com paisagens maravilhosas.
IMAGEM – adoro captar imagens, principalmente da «natureza»
IMAGINAÇÃO - Todos nós sonhamos. É a nossa imaginação a trabalhar. Imaginar quer simplesmente dizer criar uma imagem - um quadro - no nosso espírito. A imaginação é uma das facetas mais misteriosas do Homem. Pode ser vista como elo de ligação entre o consciente e o subconsciente. É a argamassa que mantém unidas a personalidade, a inteligência e a espiritualidade. E porque a imaginação é sensível às três, obedece, de modo legítimo (e imprevisível), aos dinamites da psiqué e do espírito. Assim, até as manifestações artísticas mais íntimas podem ser compreendidas a um nível, quanto mais não seja, um nível mais íntimo.

(foto tirada da net - macaquinho de imitação)
IMITAÇÃO – a arte de imitar – é engraçado ver as crianças pequenas a tentar imitar os mais velhos, é uma forma de aprender. O ensino de arte tem sido objeto de diferentes estudos, e nesta dissertação tratamos de um tema específico e pouco estudado: a imitação no processo de aprendizagem. Temos por objetivo desvelar a presença da imitação no processo de aprendizagem do ensino de arte nas séries iniciais do ensino fundamental, para comprovar o importante papel que a imitação desempenha no processo educativo escolar, fugindo da visão de que a imitação é inata ou prejudicial ao processo criativo. Fundamentados no materialismo histórico e dialético, sustentamos a hipótese de que através da imitação, as crianças fazem uma recriação e não uma mera cópia do mundo em que vivem, pois ao apropriarem-se dos conhecimentos historicamente acumulados, transformam-se e transformam esses conhecimentos."Estudo feito com crianças e chimpanzés mostra que os humanos insistem em imitar mesmo quando isso é inútil."
IRONIA - Ocorre ironia quando, pelo contexto, pela entonação, ou pela contradição de termos, sugere-se o contrário do que as
palavras ou orações parecem exprimir. A intenção é, geralmente, depreciativa ou sarcástica, embora o sarcasmo tenha um tom mais agressivo. Existe frequentemente na linguagem corrente, como quando dizemos "Vens num belo estado!" (para indicar que reprovamos a aparência de alguém). É também um estilo de linguagem caracterizado por subverter o símbolo que, a princípio, representa. A ironia utiliza-se como uma forma de linguagem pré-estabelecida para, a partir e de dentro dela, contestá-la. Foi utilizada por Sócrates, na Grécia Antiga, como ferramenta para fazer os seus interlocutures entrarem em contradição, no seu método Socrático.
INTENÇÃO – Como diz o ditado popular: «De boas intenções está o inferno cheio»…
INSPIRAÇÃO - Eu não sei o que é a inspiração. Mas também a verdade é que às vezes nós usamos conceitos que nunca paramos a examinar. Vamos lá a ver: imaginemos que eu estou a pensar determinado tema e vou andando, no desenvolvimento do raciocínio sobre esse tema, até chegar a uma certa conclusão. Isto pode ser descrito, posso descrever os diversos passos desse trajecto, mas também pode acontecer que a razão, em certos momentos, avance por saltos; ela pode, sem deixar de ser razão, avançar tão rapidamente que eu não me aperceba disso, ou só me aperceba quando ela tiver chegado ao ponto a que, em circunstâncias diferentes, só chegaria depois de ter passado por todas essas fases.
Talvez, no fundo, isso seja inspiração, porque há algo que aparece subitamente; talvez isso possa chamar-se também intuição, qualquer coisa que não passa pelos pontos de apoio, que saltou de uma margem do rio para a outra, sem passar pelas pedrinhas que estão no meio e que ligam uma à outra. Que uma coisa a que nós chamamos razão funcione desta maneira ou daquela, que funcione com mais velocidade ou que funcione de forma mais lenta e que eu posso acompanhar o próprio processo, não deixa de ser um processo mental a que chamamos razão.
José Saramago, in "Diálogos com José Saramago"

INTRIGA - Termo derivado do latim intrincare, “enredo, embrulho”, para designar o conjunto de acções que formam a trama principal de uma obra de ficção literária. Normalmente, reserva-se o termo intriga para a ficção narrativa e o termo enredo para as representações teatrais. Esta distinção não é inteiramente pacífica, mas pode ajudar a compreender a diferença formal entre os termos tantas vezes confundidos. O Mundo está cada vez mais cheio de intrigas…

INTRODUÇÃO - Todo o texto que apresenta as primeiras ideias ou argumentos sobre a matéria que há-de ser desenvolvida num texto mais amplo. Reservam-se para a introdução a descrição geral do assunto ou do tema a tratar, a sua contextualização, os principais fundamentos ou argumentos e, em certos casos, uma apresentação da(s) personalidade(s) literária do autor(es). Confunde-se muitas vezes com o prefácio, exórdio ou proémio e com o preâmbulo, mas convém distingui-los: o prefácio, exórdio (designação própria da oratória clássica) ou proémio (designação menos usada) encerra a história e as incidências da elaboração do texto principal, a motivação do autor para o trabalho realizado, as condições em que tal trabalho foi desenvolvido e as etapas mais relevantes para a sua consecução; pode ainda incluir uma apreciação crítica e fundamentada sobre o autor da obra prefaciada escrita normalmente por um outro autor convidado para o efeito.
INTERLOCUTOR - No processo de comunicação entre indivíduos, diz-se da pessoa com quem se fala. Trata-se de outra designação, mais universal, para o destinatário de uma mensagem. Em situação discursiva, dizemos que todos os indivíduos que tomam a palavra para se pronunciarem ou participarem numa conversa ou diálogo são interlocutores. Pode também representar o indivíduo que fala em nome de um grupo por quem foi nomeado interlocutor.
IDENTIDADE - Termo de origem latina, formado a partir do adjectivo “idem”(com o significado de “o mesmo”) e do sufixo “-dade” (indicador de um estado ou qualidade). Como tal, a etimologia desta palavra conduz à sua aplicação como qualificadora daquilo que é idêntico ou o mesmo, sendo, portanto, identificadora de algo que permanece.
INQUÉRITO - Em ciências sociais e humanas, o inquérito pode assumir diversas formas desde uma investigação para apurar dados objectivos sobre um problema concreto até à tentativa de descrição da opinião representativa de uma comunidade sobre um assunto de carácter científico ou apenas de interesse geral.Nos estudos literários, os inquéritos de opinião são hoje muito dirigidos para os problemas do gosto literário, para os níveis de literacia, para os hábitos de leitura, por exemplo, mais do que para as práticas da escrita. Uma forma diferente de entender a natureza do inquérito é aproximá-lo de uma verdadeira investigação de carácter dialéctico sobre um dado assunto que se estuda até aos limites do conhecimento individual.

Isabella Rossellini - Isabella Rossellini, modelo e actriz italiana.
Isabella Rossellini é filha de Ingrid Bergman e Roberto Rossellini. É provavelmente mais conhecida pelo seu desempenho no de Dorothy Vallens no filme Blue Velvet de David Lynch. Nasceu em Roma em 1952. Isabella Rossellini vai lançar canal de TV ecológico A actriz italiana Isabella Rossellini anunciou em Santiago, no Chile, que espera associar-se em breve ao actor norte-americano Robert Redford para criar um canal de televisão ecológico. «É um processo gradual. A ideia é que, em associação com o canal Sundance Film, de propriedade de Redford, o transformemos num canal ecológico, onde possam ser veiculados alguns projectos que tenho guardados», disse a actriz em conferência de imprensa. A filha da actriz sueca Ingrid Bergman e do realizador italiano Roberto Rossellini visitou o Chile para promover a defesa do meio ambiente e a preservação do património natural e cultural do país.
O Auditório de Roma inaugurou uma exposição de fotografias e imagens da mais conhecida filha do realizador, a actriz Isabella Rossellini, que terá como título "Em Nome do Pai, da Filha e do Espírito Santo". Este é também o título do livro que a também modelo - uma das descendentes da relação entre o realizador e actriz Ingrid Bergman - publicou. Isabella Rossellini também escreveu e realizou uma curta-metragem de 15 minutos com o nome de "O Meu Pai Cem Anos", protagonizado pela própria, que será transmitido pelo canal britânico por satélite Sky e canais de televisão italianos que dedicarão o dia à obra do realizador.


Ingrid Bergman - Foi casada com o diretor Roberto Rossellini, entre 1950 e 1957. É mãe da atriz Isabella Rossellini. Foi escolhida pela revista Empire a 30ª atriz mais sexy da história do cinema. Recebeu 6 indicações ao Oscar, na categoria de Melhor Atriz, por suas atuações em "Por Quem os Sinos Dobram" (1943), "À Meia Luz" (1944), "Os Sinos de Santa Maria" (1945), "Joana D\'Arc" (1948), "Anastacia, a Princesa Esquecida" (1956) e "Sonata de Ourono" (1978). Venceu em 1944 e 1956. Ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua atuação em "Assassinato no Orient Express" (1974). Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Atriz, por suas atuações em "À Meia Luz" (1944) e "Os Sinos de Santa Maria" (1945). Venceu em 1945. Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Atriz - Drama, por suas atuações em "Anastacia, a Princesa Esquecida" (1956) e "Sonata de Outono" (1978). Venceu em 1956. Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Atriz - Comédia/Musical, por sua atuação em "Flor de Cacto" (1969). Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz - Minissérie/Filme para TV, por sua atuação em "A Woman Called Gloria" (1982). Recebeu uma indicação ao BAFTA, na categoria de Melhor Atriz Estrangeira, por sua atuação em "A Morada da Sexta Felicidade" (1959). Ganhou o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua atuação em "Assassinato no Orient Express" (1974). Ganhou um César honorário, em 1976.

Etiquetas:

45 Comments:

At 21/11/07 01:32, Blogger Outonodesconhecido said...

tanta coisa começada pela letra I. Deixo-te com outro I d einvestimento. investimento em ti própria.
Um bj

 
At 21/11/07 09:53, Blogger ShinningMoon said...

Olá!
Ontem tentei deixar um comentário mas, não ficou gravado...
Quanto à letra I, o que logo me "salta à vista" é mesmo o Inverno. É a minha estação preferida. Gosto do frio e de me agasalhar. Gostava de ver neve mais vezes (nunca estive no meio de um nevão). Gosto do cheiro da lareira e recordar os Natais passados em casa da minha avózita, lá na terra.
Acho que é um bocadito nostálgico...
Bjitos.

 
At 21/11/07 10:25, Blogger Zé Povinho said...

Eis chegada a letra I. Gostei muito da precisão sobre a palavra Inveja, que muitas vezes é mal aplicada, e foi bom ver Inhambane incluida, bem como a referência a Maxixe, onde pernoitei diversas vezes em casa dos Melos, a caminho de Lourenço Marques.
O post termina em beleza com duas mulheres lindíssimas e ligadas entre si por laços familiares.
ABraço do Zé

 
At 21/11/07 10:36, Blogger quintarantino said...

Gostei.
Penso ter visto bem todas as palavras e acho que falta aí uma... insistir.
No sentido de que contra a violência psicológica insistir em viver e afirmar o nosso ser é um arma temível.
Desculpe a ousadia do conselho!

 
At 21/11/07 11:33, Blogger Baby said...

EXCELENTE esta tua dissertação sobre a letra I.
Estou de acordo com o primeiro comentário desta lista: Investir, é importante! Investir em ti, na tua felicidade, na tua paz de espírito e expulsar da tua vida tudo o que é pernicioso, tudo o que te faz mal no dia a dia.
Um grande abraço.

 
At 21/11/07 13:31, Blogger Mocho-Real said...

Olá, Kalinka!

Já vai na letra "I"? Quase a meio do alfabeto, hein? Que trabalheira gostosa, não é?

Para ler em fascículos, como compreenderá, mas muito interessante, sim.

Um abraço e muita saúde!
Jorge G.

 
At 21/11/07 16:51, Blogger São said...

I = Ir em frente!
I = Insistir até conseguir!
I = Irreverência!

Tudo de bom!

 
At 21/11/07 17:07, Blogger Luis Eme said...

Olá Kalinka.

Gostei do I e da curiosidade de englobar duas mulheres lindas, mãe e filha, a Ingrid e a Isabelle.

abraço

 
At 21/11/07 18:45, Blogger Fernanda e Poemas said...

OLá KalinKa, passei para deixar-te um beijinho.
Fernandinha

 
At 21/11/07 19:38, Blogger Bichodeconta said...

Inveja... É uma palavras de que não gosto, mas que existe e por vezes provoca situações desagradáveis..um abraço, fico tentada a fazer o meu alfabeto também

 
At 22/11/07 01:04, Blogger Belzebu said...

Espero sinceramente que estejas bem e que na letra "J" a palavra justiça, tenha um lugar de destaque!

Aquele abraço infernal!

 
At 22/11/07 01:36, Blogger Ana said...

Sigo o teu dicionário. Deixo-te um beijinho com amizade.

 
At 22/11/07 01:58, Blogger jorge vicente said...

letra I: Ingmar Bergman.

só o nome diz tudo
o mestre Inspirador para uma noite de Inverno

abraços quentes numa noite Invernosa

Jorge Vicente

 
At 22/11/07 09:38, Blogger O Guardião said...

Mais uma letra e boas escolhas de palavras. Inverno, desse não gosto particularmente por causa do frio, mas também não se pode ter tudo.
Cumps

 
At 22/11/07 11:05, Blogger Paula Raposo said...

Destaco Inglaterra, onde vive a minha filha há dez anos. Existe também a Imposição, que detesto. Índia, onde nunca fui. Itinerário. Intrépido. Beijinhos, gostei da tua letra.

 
At 22/11/07 11:06, Blogger Paula Raposo said...

Esquecia-me da minha 1ª neta que é a Inês!!!

 
At 22/11/07 11:07, Blogger amigona avó e a neta princesa said...

Amiga,só agora reparei que deixei a mensagem no post abaixo...quanto ao que dizes percebo perfeitamente...não te preocupes, estarás aqui quando puderes...só queremos que estejas bem...eu e os outros que passam por aqui...beijo...

 
At 22/11/07 12:43, Blogger Baby said...

A poesia de Florbela,veste-nos como uma segunda pele...ainda bem que gostaste.
Não penses que só o amigo Vieira Calado se preocupa contigo...tens tantos amigos que te demonstram carinho, te acompanham nestas horas em que te sentes menos bem, dá-lhes a mão para que te agarrem e não permitam que continues a resvalar para esse poço escuro e fundo.
Cá fora o sol vai brilhando por entre as nuvens,deixa que te aqueça o coração e seque as lágrimas.
Um beijo amigo.

 
At 22/11/07 12:54, Blogger Pena said...

Intensa e exaustiva pesquisa/investigação criativa e profunda.
Deve ser uma pessoa e incrível.
Uma pessoa encantadora, apesar de escrito iniciamente com um "e".
Parabéns! Admiro a sua postura na vida.
Beijinhos amigos de muito respeito e grandiosa estima.
O sempre presente

pena

 
At 22/11/07 13:55, Blogger augustoM said...

Vou na Isabbela Rossellini, será da idade?
Um beijo. Augusto

 
At 22/11/07 18:53, Blogger irneh said...

Vim ler o teu trabalho, sempre meticuloso e deixar-te um beijinho.

Já saíste do túnel?

 
At 22/11/07 19:01, Blogger Whispers in night said...

Ola!

Obrigado pela visita, realmente e pena que passes pelo Whispers e nao digas nada, assim jamais poderei vir aqui e ler o que tens e fazer uma nova amiga:)
ainda bem que a musica te fez deixar bonitas palavras, o que faz a letra de uma cancao,
Quem canta e Nicola Di Bari, prueba 'lamarme Amor'
Uma das muitas que eu adoro...

Outra vez obrigado pelo comentario valeu a pena o ler.
beijinhos mil
Whispers

 
At 22/11/07 20:51, Blogger AnaG. said...

Ainda bem que voltaste às tuas letras...

Não gosto do Inverno...e de intriga...

Deixo-te beijitos.

 
At 22/11/07 21:19, Blogger Maria Faia said...

Querida Amiga,

Hoje, passo de mansinho, s��o para deixar um beijo amigo e dizer que h� um mimo para ti, no Querubim.
Depouis, voltarei, com tempo para a Letra I.

Maria Faia

 
At 22/11/07 22:17, Blogger Marlene Maravilha said...

Querida amiga,
Esta foi a melhor letra do alfabeto até agora para mim!
Comentando sobre Istambul, nao deixes de ir, é lindissima a cidade, a mesquita, o mercado, e tudo o que se refere a este povo sui-generis. Inesquecível, assim deveriam ser todas as coisas vividas por nós. De tudo deveríamos tirar somente o lado bom!
Um beijo enorme. Amanha despeco-me no blog, aqui da Alemanha! Bom final de semana!

 
At 22/11/07 22:24, Blogger Maria Clarinda said...

Adorei o teu post...a letra I, tanta coisa!!!!...
Cheguei, voltei e já mal me for possível mandar-te-ei um mail, não fiquei indiferente ao teu comentário, e sabes que eu estou aqui...sempre que precisares é só chamar!
Jinhos de Força e Carinho

 
At 23/11/07 09:42, Blogger Pena said...

Minha Amiga:
Quando escreve encanta.
Decora todos os Seres com a sua mágica presença carinhosa e terna.
Obrigado por ser assim.
Desejo-lhe um excelente fim-de-semana. Merece plenamente.
Obrigado por ser minha amiga.
Beijinhos para si, doce amiga.
Com estima e encanto.
O sempre presente na sua carinhosa escrita que transmite e no seu talentoso pensamento que lhe são inerentes e fazem parte do que docemente é.
Beijinhos amigos gigantescos de delícia e encanto.

pena

 
At 23/11/07 10:47, Blogger aflores said...

Inicialmente pensei para comigo...I? ora deixa cá ver...Pensei, pensei...(o frio não ajuda muito) ok, escolho INICIAR (!!!) Sim, é sempre altura para iniciar qualquer coisa, porque não? E eu ainda tenho alguma coisa para fazer e que ainda não iniciei ;)

Tudo de bom.

 
At 23/11/07 11:15, Blogger Elforadiante said...

Olá querida amiga, eu nunca abandono os/as amigos/as, apenas gostava de ajudar mais um pouquinho dentro do que está ao meu alcance e, desculpa lá a minha falta de modéstia, não é tão pouco como isso.

Tens o meu endereço email
Contacta.
Beijinhos

elfoverde@potugalmail.com

 
At 23/11/07 11:49, Blogger Fallen Angel said...

(I)nteligente forma de te dares a conhecer um pouco. :-)

 
At 23/11/07 11:53, Blogger Elfo said...

PORQUE ÉS UMA LUTADORA, AQUI TE ENVIO UM POUCO DE UMA FORÇA PODEROSA:



http://povodebaha.blogspot.com/
No post datado e intitulado
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007
Espantoso! (Basta clicar aqui para ver)

O primeiro vídeo...

 
At 23/11/07 12:05, Blogger Alice Matos said...

Vou procurar guardar a Inspiração...

Quando puderes passa pelo Detalhes... há um carinho para ti...

 
At 23/11/07 12:12, Blogger Kalinka said...

IMPERDOÁVEL

esqueci-me de fazer referência ao

ÍNDICO

o Oceano que banha as maravilhosas costas da minha terra - Beira - Moçambique.

 
At 23/11/07 13:23, Blogger Um Momento said...

Tanto nos ofereces:)))
E eu a ti te dou um abracinho esperando que estejas assim mais alegrezinha:)

Beijo muito grande e bom fim de semana desejo
(*)

 
At 23/11/07 14:06, Blogger efeneto said...

No silêncio compacto
das sete da manhã
assustei os pardais
para ver nascer o sol.
Na rocha onde me sentei
a brisa de nordeste
castigou-me o tronco nu
mas ali fiquei
até o grito me surpreender.

Porque me vieste ver
círculo alaranjado
até te tornares branco??
Já sei,
para me lembrares que está na hora,
de desejar um bom fim de semana aos amigos


Imaginação pura
Inteligencia demostrada
beijo para sI

 
At 23/11/07 16:47, Blogger lena said...

querida amiga Kalinka

deixo-me ficar agarrada ao I e lembro-me de "Inteligência" como tenho o dicionário à mão escrevo:

do Lat. intelligentia


faculdade que tem o espírito de pensar, conceber, compreender;

capacidade de resolução de novos problemas e de adaptação a novas situações;

discernimento;

juízo, raciocínio;

talento;

compreensão fácil, nítida, perfeita, profunda de qualquer coisa;

apreensão, percepção;

pessoa de grande capacidade intelectual;

e o minha escolha vai para ti : pessoa de grande capacidade intelectual

sim fazer este belo trabalho requer muito saber. eu claro que fiz uma ligeira batota

mas ainda partilho contigo um poeta que gosto de ler

Quando estamos mal, dizemos
Que, evidentemente, os tempos são assim,
Mas dizemos com as palavras
Que o próprio tempo nos ditou,
E vamos ligados para sempre
À sua severa tutela,
Ao facto de haver grandes planos,
Ao facto de haver grandes feridas,
De modificarmos a natureza,
De morrermos das dificuldades,
E das nossas pernas estarem habituadas
Aos alertas aéreos e terrestres,
De contarmos os dias por grandes unidades,
Da nossa vida estar cosida em grandes pontos,
De nenhum desastre no mundo
Este fino fio poder romper.
Seja azar ou boa sorte,
Mas não podemos viver de outra maneira,
Não mudamos – nós teimosos –
Estes anos, nem estes dramas,
Não mudamos o nosso lote,
Não mudamos o nosso papel –
Representado no silêncio ou em voz alta,
Como herói ou como figurante,
Mas diante de todos se responderá
Pelo seu tempo e não por si só.

Ilya Ehrenburg
nasceu no dia 26 de Janeiro de 1891 em Kíev, na Ucrânia
Tradução de Manuel de Seabra.

o meu abraço, terno e doce. beijinhos para ti muitos

lena

 
At 23/11/07 18:18, Blogger Betty Branco Martins said...

Querida Kalinka



___________I__________


de




imaginação




e











deste_________bem






prova_________que a tens








e_________________muita:))






excelente post______parabéns






beijO c/ carinhO

bFsemana

 
At 23/11/07 21:56, Blogger Baby said...

Como te tens sentido, amiga?
Palavras de apoio de todos os teus amigos e admiradores, são imensas, espero que te tenham ajudado a ultrapassar este fase negativa e te sintas de novo pronta para enfrentar a vida com um sorriso nos lábios e um brilho no olhar!
Que o fim de semana seja tranquilo e te sintas feliz.

 
At 23/11/07 22:33, Blogger Ana Patudos said...

Querida Kalinka
passei neste teu cantinho para te deixar um abraço forte de coração e que a tua vida se ilumine cheia de alegria e felicidade.
Fica bem e desejo-te um feliz fim-de-semana
Ana Paula

 
At 23/11/07 22:54, Blogger Luís Galego said...

quando chegares à ultima letra, uma publicação deste dicionário merecia uma publicação, mesmo que de autor.

 
At 23/11/07 22:59, Blogger Lumife said...

Este interessante trabalho de pesquisa continua a prender-nos a atenção. Não desistas.

Como dizem os brasileiros "astral ao alto"...


Bom fim de semana


beijos

 
At 23/11/07 23:35, Blogger A COR DO MAR said...

Kalinka
Adorei estes teus "Is" :))
Bom f semana
beijoca*

 
At 24/11/07 00:15, Blogger Vieira Calado said...

Olá, amiga!
Estive a ver a sua letra I e
fez-me lembrar coisas e personagens de que já não me lembrava há um tempo.
A Baby contactou-me.
Os meus votos para que o fim de semana lhe traga o apaziguamento.
Beijinhossss

 
At 24/11/07 10:55, Blogger Lusófona said...

Demorei, mas cheguei...rsrsr
Eu não posso perder esse alfabeto por nada =)

Uma grande beijoka e feliz fim de semana

 
At 25/11/07 11:02, Blogger Isabel-F. said...

está explêndido o teu "I"

quanto trabalho aqui não está...

parabéns.

beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home