quinta-feira, maio 11, 2006

1º de Maio, no Porto

O projecto de requalificação à superfície da Avenida dos Aliados foi publicamente apresentado pelos seus dois principais artífices, ou seja, os arquitectos Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto Moura, cujo prestígio técnico se enquadra no cuidado com que a CMP e a Metro do Porto estão a colocar no processo de reformular um dos espaços historicamente mais nobres e emblemáticos da cidade. A necessidade de alargar os passeios em seis metros de cada lado implicará a redução da placa central em cerca de oito metros. Por outro lado, será instalada, junto à Praça Humberto Delgado, uma fonte expressamente desenhada por Siza Vieira. O pavimento da Avenida será feito em cubos de granito até às Cardosas, mantendo-se a intervenção, em calcário, do arquitecto Fernando Távora naquela Praça fronteira ao edifício da Câmara.
O prazo para a conclusão das obras, que já se encontram a decorrer, está previsto para Agosto, caso não ocorram impedimentos burocráticos relacionados com o concurso público de empreitadas suplementares.A requalificação da Avenida dos Aliados passará ainda pela plantação de um maior número de árvores, contribuindo assim para que o espaço se torne mais aberto e frondoso. Manter-se-ão as três faixas de rodagem, duas para veículos particulares e uma para transportes públicos.O Presidente da CMP contextualizou esta intervenção no processo de revitalização da Baixa portuense e confessou-se «orgulhoso» em protagonizar, por força do cargo que ocupa, um processo que irá marcar a história da cidade ao longo das próximas épocas.
Nota:
Se dizem por aí, que Lisboa está toda esburacada, pude constactar com a objectiva da minha máquina, que neste momento a «Avenida dos Aliados» não lhe fica atrás.
Mas o belo edifício da Câmara do Porto, lá se encontra, do alto da Avenida, todo imponente como sempre foi e será, apreciando o que se passa à sua frente, tudo em prol de uma reformulação, para embelezar e tornar mais fácil o trânsito naquela zona da cidade. É o futuro.

13 Comments:

At 11/5/06 02:20, Blogger Amaral said...

Estás uma verdadeira repórter. Mas olha que mais esburacada que Lisboa não vais encontrar nenhuma outra cidade, neste rectangulosinho plantado à beira-mar…

 
At 11/5/06 08:17, Anonymous Aliados said...

Esta "reportagem" precisava de mais "um bocadinho" de pesquisa ;-(

 
At 11/5/06 11:04, Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! said...

oi prima gostei mt da tua visita aqui ao Porto... bjinhos

 
At 11/5/06 12:57, Blogger Armando Moreira said...

Atenta cidadã, reportagem a fazer inveja a alguns escribas (jornalistas), espírito crítico importante numa época em que os interesses económicos se sobrepõem às necessidades das pessoas...de resto na cidade na Cidade do Porto têm acontecido coisas bastante esquisitas, veja-se o caso do Mercado do Bulhão...

beijinhos Armando Moreira

 
At 11/5/06 16:41, Blogger lena said...

reportagem que muitos jornalistas certamente também gostavam de fazer, com todo este cuidado,

e o porto aqui tão perto...

de mim

beijinhos para ti Kalinka e um abraço cheio de trenura, continuas a encantar-me


lena

 
At 11/5/06 20:11, Blogger peciscas said...

Actualmente não vou muito à Baixa do Porto.
Mas essa requalificação está longe de ser consensual.
Cá para o meu gosto, o terem substituído a calçada à portuguesa por granito, que ainda por cima mais se assemelha a mosaico artificial, penso que descaracterizou o local.
E dada a já conhecida aversão do Siza às árvores, o resultado é capaz de não ser, de facto, o melhor.
Com isto tudo, aquilo que, em tempos foi um local onde muitos portuenses saboreavam o final da tarde e, no tempo mais quente, parte da noite, vais transformar-se, talvez, numa mera artéria de passagem,

 
At 11/5/06 23:59, Blogger Andreia Ramos said...

espero que a tua visita tenho sido boa pelo Porto!desculpa nao te ter dito nada!espero que me desculpes!ja postei e obrigada pela tua preocupaçao!mesmo!beijinho!

 
At 12/5/06 02:01, Blogger k7pirata said...

Hum!? Buracos é na nossa Moita, lol.

 
At 12/5/06 02:11, Blogger GNM said...

Não tens nada de pedir desculpa!
É um prazer receber-te no cantinho
em que escrevo...
O tapete vermelho estará sempre
lá para ti!

Gostei de conhecer o teu blog!

Deixo-te um sorriso...

 
At 12/5/06 03:37, Blogger Kafé Roceiro said...

Passei pra dar um "Oi!".
Kafé

 
At 12/5/06 15:43, Blogger a lice said...

Gostei de passar por aqui!:)

 
At 12/5/06 19:06, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

quando voltas ao porto??!!!beijocasssssssssssss

 
At 12/5/06 22:48, Blogger jorgesteves said...

Não belisco, vírgula que seja, as palavras que entendeu merecer aquilo que viu dos Aliados que já foi avenida! Aliás texto belamente ilustrado por uma bonita imagem dos Paços do Concelho da Invicta. Quanto ao resto, e 'resto' é o 'bando dos quatro' (Siza Vieira, Souto Moura, Távora e Rui Rio), só encontro parelo na velhina história da camisa especial que vestiu o vaidoso rei. Vão todos nús!... Até na pobreta argumentação do edil ao dizer que a tal obrigava a inclusão do metro na avenida: como explica ele que o metro tenha (por ter estação na avenida!...) três estações separadas cerca de 100 metros umas das outras?!...
De resto, para aquilatar a 'obra' destes eméritos da arte, basta olhar para a Cordoaria, para a Foz, para a Boavista, para o dito Transparente Edifício, para os eléctricos, para... esta cidade tão mal amada!
Mas volte ao Porto; ele tem sempre encantos para mostrar...
jorgesteves

 

Enviar um comentário

<< Home