domingo, maio 21, 2006

Mas que regresso....!!!


Regresso e, com todo o prazer, com uma das minhas actrizes favoritas de cinema:
JULIETTE BINOCHE.

Esta noite, sem querer, liguei a televisão e, vi que estava a dar um filme, que me fez recordar algo...eu já o tinha visto, numa sala de cinema, em 1993.

Já não despeguei os olhos da televisão e acompanhei o filme até ao fim... pois, além de Juliette Binoche, vi Jeremy Irons, um dos meus actores favoritos.
Que bom que é, podermos, num só filme, encontrar 2 principais actores excelentes e, logo os meus predilectos. É caso para dizer: Mas que par espectacular!!!

RELAÇÕES PROIBIDAS
Jeremy Irons e Juliette Binoche são dois amantes, apanhados numa teia de obsessão sexual. Uma obsessão tão apaixonada e escaldante que consome tudo e todos em que eles tocam...O realizador Louis Malle desvenda-nos os vários níveis da tragédia por que uma família passa quando se descobre que um homem de meia-idade e a noiva do filho estão envolvidos numa intensa relação erótica, tão irresistível como destrutiva.
«DAMAGE»
Duração: 111m
Origem: França, Inglaterra - 1992
Realização: Louis Malle
Com: Jeremy Irons, Juliette Binoche, Miranda Richardson, Rupert Graves, Ian Bannen, Leslie Caron.

15 Comments:

At 21/5/06 13:11, Blogger lena said...

sim adorei este teu regresso ,e como tenho hábito de dizer, "em cheio" acertaste na partilha que me deliciou, e nesta manhã de Domingo que mais me faz lembra o regresso do inverno,
brilhaste tanto que o senti o calor e o sol baterem-me à porta

Juliette Binoche também uma das minhas actrizes preferidas

engraçado que também estive a seguir o filme , deitada na cama e relembrei quando o vi pela primeira vez numa sala de cinema

linda menina, obrigada pelas tuas partilhas que adoro ler e rever, também sou fã de Jeremy Irons,
intenso este filme, muito mesmo

que bom ter entrado e sentir-te, hoje o dia mesmo sem sol vai brilhar para mim

beijinhos muitos para ti e o meu abraço cheio de ternura, gosto muito de te ler e sentir-te por perto

lena

 
At 21/5/06 18:55, Blogger Kafé Roceiro said...

Estou totalmente eufórico com tua volta! muito feliz mesmo...
No mais, "Perdas e Danos" é um filme maravilhoso. Uma paixão sem limites!
Beijos de retorno,
Kafé.

 
At 21/5/06 22:29, Blogger peciscas said...

Que surpresa agradável.
Vir aqui bater à porta como faço muitas vezes, e ver que regressaste. E, ainda por cima, bem disposta!

 
At 22/5/06 01:20, Blogger Isa said...

Boa surpresa :)

Também gosto de Binoche. Adorei vê-la como Sabina na "Insustentável Leveza do Ser".

Mais um dvd para trazer...

Bjs

 
At 22/5/06 01:38, Blogger Aleisa said...

Eu bem me parecia que era um Até Já...

Beijos e uma excelente semana...

 
At 22/5/06 08:39, Blogger Pitucha said...

Bom regresso!
Beijos

 
At 22/5/06 09:47, Blogger greentea said...

bom dia Kalinka.
Ainda bem que entendeste a minha mensagem. Tudo tem um sentido e uma finalidade.
O mesmo acontecendo com os que partiram antes de nós. Eles acabaram a sua missão aqui , neste momento; outras os esperam, algures. Entre elas "tomarem conta" de nós.

Por vezes não entendemos bem as mensagens que "eles" nos enviam mas estão sempre, sempre connosco e guiam os nossos passos.
Devemos agradecer-lhes e sorrir-lhes, porque eles não querem ver tristes.
Sorri.
Tem um bom dia.
E deixei um recado para ti, hoje.

 
At 22/5/06 11:29, Blogger canela_e_jasmim said...

Um beijo grande para ti, com toda a força do mundo! Tem uma boa semana, minha querida.

 
At 22/5/06 11:57, Anonymous Anónimo said...

Intuição? Talvez! O que é certo, um bocadinho mais livre e venho eu espreitar o teu blog e gostei muito do teu regresso. É assim que tem que ser "sempre em frente", o que está para trás, já passou!
Qt ao filme, tive pena de não ter visto do princípio, mas qd liguei já tinha começado, adorei, apesar de ter um fim triste.
Querida amiguinha, boa semana e nunca desistas do que gostas, do que queres, de tudo que possa fazer-te feliz.
Beijinhos.
Ju

 
At 22/5/06 13:49, Blogger ruth iara said...

Querida!

Sobre a pergunta que me fizeste no blog:
Eu me tratei para angústia sim, com homeopatias e florais (essencias de flores), mas no Brasil os médicos foram proibidos de usar florais e isso é a maior ignorância. Eu insisti com aquela que foi minha psiquiatra, então para que não me desse alopatia quando ela ofereceu-me e ela acreditou em mim. Foi um tratamento muito bom onde estava incluida leitura espiritual. Não lembro a autora do livro que li, mas hoje acho melhor ler Kabala. Recomendações de livros também foram proibidas na psiquiatria por conselho médico. Uma verdadeira caça as bruxas! Não sei como é em Portugal. No último tratamento que fiz tomei florexitina o princípio ativo do prosac, mas achei que no meu caso, após um pico de grande energia trouxe mais depressão mal resolvida e sensação de esgotamento e percebi que meu caso é para ser tratado com florais. É o que procuro fazer hoje. Hoje o floral me levanta. Mas, cada caso é um caso a luz da terapia floral e o floral pode não resolver para muitos que vão se dar bem com a medicina tradicional. Cada um deve buscar seu próprio caminho. Isso é um desafio. Não temos a receita pronta uns para os outros. Se você quizer eu acompanho você como uma amiga que pode apenas ajudá-la a que você se encontre em si mesma.

Grande abraço!
Paz e Amor!

 
At 22/5/06 14:04, Blogger ruth iara said...

Agora sobre o post:

A carência sexual e afetiva no contexto social pode estar relacionada com os desvios de comportamento. Se como indivíduos temos responsabilidade, por outro lado a sociedade cria seus próprios monstro, mas muitos dramas como talvez seja o caso deste e do antigo filme "atração fatal" mostra de forma reacionária e ligada a família e propriedade, numa ótica que não leva o indivíduo nem a defender-se de forma eficaz de ataques externos e nem mesmo mostra caminhos para cura. Não vi o filme. Só estou colocando uma idéia que me ocorre a respeito para refletirmos. É um filme que mostra violência e a melhor parte talvez seja o sexo num contexto doentio, mas eu te pergunto, para quê? (não precisa responder)

Beijos!
Paz e amor!

 
At 22/5/06 14:25, Blogger natércia said...

Também me calhou esse acaso, sintonizar o canal e ver o mesmo filme. E no fim, o sentimento de que se viu um filme que poderia ter sido banal mas que afinal foi poesia. Muito, muito bonito.

 
At 22/5/06 17:47, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Benvinda minha querida :o) beijinhussssssssssssssssssss

 
At 22/5/06 18:30, Blogger AlucarD said...

olá
excelente filme... muito bom mesmo!!
bigada pelo comment no meu! és sempre bem-vinda!!
e tb podes ver o meu outro!! sobre cinema.. ;)
beijos

 
At 22/5/06 18:39, Blogger Armando Moreira said...

Olá coisa linda, fiquei feliz quando te vi no meu espaço, sinal que a nossa companhia é também uma coisinha boa para ti...não vi o filme, mas de ter sido fascinante, nos uúltimos dias tenho-me desdobrado em esforços para acabar de montar a peça de teatro musical ( Alenda das Sete Cidase que vamos levar à cena nos dias 26 e 27 deste mês no Coliseu Micaelense...não queres me dar a honra de estar na estreia??? tinha muito gosto e se calhar sair daí por uns dias iria fazer-te bem...o convite está feito.

Beijinhos Armando Moreira

 

Enviar um comentário

<< Home