segunda-feira, maio 29, 2006

Passeio no CARROCEL...

A minha netinha adorada
Pedaço grande da minha alma
Eu te quero bem educada
E por todos bem estimada
Continues a ser a menina doce e calma.
Meiga como não há igual.
Para mim és especial.
Minha netinha querida
És a luz dos olhos meus
Que sejas assim toda a vida
Não passes despercebida
Das Santas graças de Deus
Pois meu coração já sofre
Ao pensar que vais ser operada
Mas, que fiques para sempre curada.
Que sejas como a Primavera
Que dá força ao ser humano
Eu já não sou o que era
Mas, contigo, renascem-me as forças
Como ontem aconteceu
As duas sentadas nos cavalos
Lado a lado que nem crianças,
No carrocel, tu e eu...
Sejas feliz com os teus Paizinhos
E nunca lhes desobedeças
Que tenhas muitos amiguinhos
Que andes sempre por bons caminhos
E desta avó nunca te esqueças.
Que pratiques sempre o bem
E sejas feliz toda a vida
Eu te quero como ninguém
Ajuda sempre a quem não tem
Minha netinha querida.

Nada foi pensado, nem programado, pois nesse caso teria a máquina fotográfica à mão, e em vez deste cavalinho, estaria aqui a nossa fotografia, pois, só visto, para quem não se sentava num carrocel há mais de 15 anos, voltei ao tempo de criança, junto da minha netinha. Ela consegue fazer o milagre de me transformar...
Riamos ambas felizes...momento que merecia ter sido registado.

19 Comments:

At 29/5/06 20:25, Blogger lena said...

Kalinka, uma palavra:

Adorei!

adorei ler-te

adorei a tua dedicatória em tom de poesia à netinha linda

adorei que andasses de carrossel

adorei sentir-te assim feliz

adorei porque te adoro mesmo assim, a rir, feliz e contente


beijinhos para ti muitos e sente o meu abraço doce menina

lena

 
At 30/5/06 04:17, Blogger pikenatonta said...

:)))))))))

Ehhhehehe! Deve ter sido muito divertido!! A C. é uma linda e vai tudo correr bem com ela!

Beijocas!!

 
At 30/5/06 09:05, Blogger Laura Lara said...

Fiquei feliz por ti.
Beijinhos

 
At 30/5/06 15:04, Blogger Periférico said...

Na memória é que esses momentos felizes têm que ficar registados, para a qualquer momento serem resgatados e nos alegrarem o dia ;-)

beijos

 
At 30/5/06 21:01, Blogger Teresa Calcao said...

A tua netinha linda vai sempre orgulhar-se de ter uma avo como tu e para sempre recordara estes momentos magicos!
Se Deus quiser, vai tudo correr bem!
Beijinhos

 
At 31/5/06 02:58, Blogger Aleisa said...

Quem me dera poder ter estado lá, bem preciso de umas voltas de carrocel... eu que sou uma criança entre as crianças... eu que, às vezes, sinto-me sobrinha do meu próprio sobrinho...

Kalinka é tão bom quando damos vida à nossa parte de criança... e digo isso em forma de afirmação pois pelo post percebi que comungas da minha opinião...

Um abraço bem apertado

 
At 31/5/06 03:50, Blogger Kafé Roceiro said...

Engraçado,
Você é tão criança, tão meiga
que substituí a palavra "netinha" por "Kalinka".
caiu bem! Você é criança também, tão frágil, tão carente!
Mas ainda bem que a gente está por aqui!
Beijos,

 
At 31/5/06 09:10, Blogger Licínia Quitério said...

Só hoje descobri este teu cantinho. Foste embora e voltaste. Ainda bem. Os teus afectos fazem bem à blogosfera. Como te entendo!
Força! Beijos.
Licínia

 
At 31/5/06 09:58, Anonymous pequenita (quando o teu corpo e o meu) said...

Minha querida todas as crianças têm esse poder de nos transformar e dar alegria, fazem-nos sorrir qd queremos chorar, entendo o que sentes ou parte do que sentes, quando me sinto triste corro para os braços do meu afilhadinho que fez agora 3 aninhos e a minha tristeza desaparece dando lugar a muitos sorrisos...Adoro o meu pequenino...
É lindo esse teu amor pela tua netinha, é doce, terno,adorei ler cada palavra do que sentiste nesse dia, é um amor maravilhoso....espero que se divirtam muito muito as duas...
beijoquinhasssssssssss :o)

 
At 31/5/06 10:58, Blogger canela_e_jasmim said...

Kalinka,

Fiquei a imaginar-vos, a ambas, nesse carrocel do Amor, que gira e gira e gira e gira!:)))))))

Lindo!

Beijinhos para ti e para a tua netinha e confia que tudo vai correr pelo melhor!

Sorrisos e força!

 
At 31/5/06 11:02, Blogger greentea said...

é tão bom andar no carroussel outra vez
e nos carrinhos de choque ???
há tempos aconteceu-me ir à Feira de Sintra com os miúdos e meti-me ao barulho e voltei a anda nos carrinhos de choque...
coisas de velha louca... adorei. faz falta de quando em vez sairmos do normal, dos percursos feitos, das coisas muito certinhas e voltamos a renascer!

tem um bom dia

 
At 31/5/06 13:31, Blogger saisminerais said...

A tua netinha adorada nem sabe a sorte que tem
tem uma avó babada que lhe é a segunda mãe.
Simboliza as netas do mundo
transmitem felicidade
fazem esquecer a idade
voltarmos à mocidade.
Parabens pela avó que és
foi lindo o que acabei ler
amiga tinhas razão
para mim foi mesmo um prazer.
Beijinhos para ti e para a tua netinha adorada do teu amigo Alexandre

 
At 31/5/06 14:27, Blogger MCM said...

Que bom programa! Assim que tiver netos e les tiverem idade também vou com eles andar de carrocel!Assim é a vida, feita de momentos felizes... e esses já ninguém nos tira!

 
At 31/5/06 17:36, Blogger Amaral said...

Duas crianças felizes, coladas nos risos, na alegria de estar. Tudo correrá bem com a saúde dela. Renascidas as forças, não há razões para "não seres o que eras", a não ser para uma mudança para melhor, para a versão onde sentires mais felicidade…

 
At 31/5/06 20:17, Blogger Miguel said...

Belos momentos ...

Sente-se nas tuas palavras ...
A tua felicidade!

Fico feliz por ti!

Bjks da Matilde

 
At 31/5/06 22:17, Blogger A.J.Faria said...

Olá, Kalinka!
Momentos felizes, sem dúvida!!!
Que bom ver-te assim!
Bjs

 
At 31/5/06 23:59, Blogger Mocho Falante said...

Sabe bem voltar atrás no tempo e recordar os bons momentos

beijocas

 
At 1/6/06 18:59, Blogger jorgesteves said...

Normalmente as crianças fazem esses milagres...
Ou será que somos nós, contagiados pela proximidade da infância que julgamos perdida, os obreiros do 'milagre'?...

amizade,
jorgesteves

 
At 2/6/06 19:09, Anonymous margpat said...

Ester adorei o teu poema, todas as tuas palavras são sentidas e eu bem o sei,elas são o melhor que à no mundo, todas as crianças o são, o Homem tem que preservar a sua inocência, contribuir para o seu saudável crescimento e desenvolvimento, respeitá-la e tratá-la com carinho e atenção,conservar a natureza para lhe deixar em legado um mundo melhor para que ela, criança,(que continua sempre a haver)seja feliz, saudável sempre.Margarida

 

Enviar um comentário

<< Home